Eleição em Xaxim: quem venceu ri, quem perdeu chora

Por: Marcos Schettini
07/07/2017 09:59 - Atualizado em 07/07/2017 09:59
Tamanho da fonte: A A

O caminho é dar ao cidadão, o que é melhor para sua gente. Preço no zero, se necessário, e qualidade e satisfação. O resto não deve ser levado a sério. Quem perdeu a eleição, como foi em 2012, que aceite o resultado da escolha. Faz parte do jogo político ficar com a boca doce ou amarga. Lado político é o que faz o eleitor. Quem foi para o lado vencedor, tem a atenção. Quem foi para o errado, fel das respostas. Como Xaxim vive uma eleição quatro anos ininterruptos, a regra segue na linha certa. Ser contra é marca pessoal no município. Quem venceu ri, quem perdeu chora. Foi assim ontem, será amanhã também. Lindo isso.


Pagamento

Anunciando que já se está cumprindo com fornecedores em torno de 5,5 milhões e que 80% do 13° salário já está em conformidade, há a possibilidade de se garantir a retomada do crescimento em Xaxim.

Relação

Se a oposição patética não reconhece que a situação da prefeitura, com o é a que se sabe, está se moldando para que se honre com fornecedores para colocar a Casa em dia, então estão em outro planeta.

Real

Se Lírio e Adriano fossem o que o Satélite imaginava, não pagaria ninguém, utilizando os recursos disponíveis para fazer a municipalidade funcionar. Só Gildomar não vê.

Laboratórios

Seus respectivos donos estão indignados com a administração justamente porque o vencedor, de fora, está oferecendo menor preço nas análises. Excelente quando a concorrência funciona.

Choradeira

Ver os empresários de laboratórios indignados porque o valor pago para as análises é bem inferior, mostra que a prefeitura está na direção certa. O ideal é não cobrar nada e fazer acontecer.

Esquema

A choradeira ocorre justamente por parte dos ligados ao PMDB da ex da Saúde e do PP que tem seus empresários no ramo. Se for perguntar ao cidadão, vai sair aplaudindo a atenção recebida.


Seletivo Unochapecó
Rua Rui Barbosa, 328 - Centro
Xaxim/SC. CEP 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 8504-6814