Close Menu

Busque por Palavra Chave

Alesc - 2

Editorial | O Brasil caiu

Por: LÊ NOTÍCIAS
13/05/2019 00:14 - Atualizado em 13/05/2019 09:55

O governo que assumiu em janeiro afirma que pegou uma herança maldita para relatar a desgraça em que se encontra a nação. Nada disso. Este governo está perdido, falido, sem noção de absolutamente nada. É patético.

Afirmou que esta semana vai haver um tsunami se explicar o que de fato vai fazer ou receber. Seja uma demonstração de desespero para que tome uma drástica decisão ou, sem ter conhecimento de nada, vai ver o caos bater à porta.

A Reforma da Previdência, cheia de furos e desmandos, atinge quem de fato vai pagar a conta e esta maioria absoluta das pessoas, que produzem e trabalham, são vítimas diretas. Ela, a reforma, cheia de injustiças, vai fazer com que o trabalhador pague a desgraça a que tem assumido ao longo de séculos.

Aos patetas, aqueles analfabetos que não sabem nada, nada mesmo, que vão no embalo de seus iguais, se for perguntado alguma coisa, vão gaguejar porque são idiotas mesmos. Os intelectuais, como o são aqueles que estão propondo a reforma de cima para baixo, se são contrários, recebem o rótulo de esquerdopatas e corruptos. São imbecis mesmos que, dotados de plena falta de cérebro, falam as asneiras que sua burrice comanda.

Os 1 trilhão e 200 bilhões que Paulo Guedes quer com a reforma, à custa do suor do povo brasileiro, será no mínimo de 640 bilhões, talvez chegando à metade do que propõe. Para buscar a outra metade, sabe-se, terá que recorrer a outras formas para suprir a falta do déficit em favor do país. Isso quer dizer que, sem outra alternativa, o salário será o próximo a ser pisado na cabeça.

Os patetas que veem em Jair Bolsonaro a solução para o país, são de fato patetas mesmos. Idiotas com carimbo na testa, rotulados no peito, símbolo de uma nação de imbecis que não sabe nada. Não acompanha notícias de nada. Apenas distribuem em seus grupos de imbecis, o que recebeu de um inteligente que comanda a manada de trouxas espalhados nos grupos de WhatsApp.

O salário será o próximo ataque do governo que quer esmagar o trabalhador, o pai de família, a família de dona de casas que, sem saber onde recorrer, esperariam do governo iniciativas para salvar seu futuro. Quem quer as reformas são os empresários que financiaram o governo e buscam nele tudo o que uma administração voltada ao trabalhador não faria. E não tem nada a ver com PT.

O governo trabalha sua sustentação pela nação de idiotas. O empresário, que tem interesse em seus ganhos, olha o governo como seu melhor parceiro. Mas a maioria absoluta dos trabalhadores vão pagar, sem saber, o sustento de cada um dos banqueiros e donos de grandes empresas do país.

Uma pena que ainda não abriram os olhos. Governo destruído com patetas aplaudindo. Faz parte. Por enquanto, faz parte. Até que, lá na frente, vão sentir a dor da facada. Um governo sustentado por imbecis dá certo por um tempo. É como o escravo que carregava o rei com o andor. Só sabia que doía, mas não podia falar nada. Não recebia nada e, se falasse, cortavam-lhe a língua. Os tempos são outros. Só mais um tempinho e o jogo vira. Anota na agenda.


Brasão

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025