Close Menu

Busque por Palavra Chave

Editorial | O Evangelho para idiotas

Por: LÊ NOTÍCIAS
15/05/2019 11:01 - Atualizado em 15/05/2019 11:07

Jesus Cristo, que foi o símbolo do amor, tolerância e doação, que declinou do material, que mostrou o valor de servir, pregou o desapego para ser a estrada real e limpa para a salvação, é completamente desmentido pelos evangélicos tapados que, em nome de Deus e do Salvador, vão às igrejas mentir para quem são pessoas de bem que buscam na Palavra, o consolo de seus males, a busca de seus sonhos, proteção e espiritualidade.

Em nome de um Evangelho completamente desfigurado conforme a vontade do pastor, transformando a Palavra, Limpa e do Alto, em trevas, perseguição, truculência e intolerância. Os pastores, em sua maioria absoluta feitos em fundo de quintal, buscando dinheiro fácil para iludir os amantes de Deus, fala para eles o que sua falta de conhecimento confirme.

O pastor, espertinho, usa da Palavra de Deus, misericordioso, cheio de Amor, Luz e Verdades, em ferros no peito dos inocentes. Falam como se fossem donos do Espírito de Deus, condenando quem tem opção sexual diferente da deles, que tem que matar, à bala, sem dar direito de regeneração.
Um pastor idiota, dia destes, falou que tem que matar todos os ladrões, sem chance. Para ele, com a Bíblia embaixo do braço, bandido bom é bandido morto.

Ele pensa que é na favela que mora o fabricante de drogas, os pensantes que assaltam bancos, que roubam o dinheiro da sociedade. Ele fala aos fiéis o que pensa e, mesmos sabendo que Jesus Cristo foi crucificado perdoando tudo e todos, defende a violência para buscar a paz. Falam mal dos homossexuais como se eles, e somente eles, maiores do que Deus, podem condenar a opção sexual das pessoas sem levar em conta que Deus, Soberano e Tolerante, aceita todos como seus filhos.

Mas não é bem assim que os evangélicos idiotas pensam. Eles condenam mesmo, mandam todos para o inferno porque somente eles são os escolhidos de Deus e o restante vai para o Inferno. Pastores em sua maioria analfabetos, não sabem falar e afirmam que o Espírito Santo é quem fala por eles. O Espírito Santo?

O Espírito de Deus, Dono Único da Sabedoria, não olha a diferença das pessoas. Mas seu amor ao Criador e nele, temendo-o por seu Poder Absoluto, coloca o Sol para brilhar sobre todos.
Pastor nenhum tem mais poder sobre seus semelhantes do que o Criador. Todos defecam, morrem e fedem na tumba de sua moradia. São perseguidores e, ao pedir para que todos morram, esquecem do Novo Testamento que, do início ao fim, fala de Amor, o maior de todos os Mandamentos.

Os falsos pastores, todos analfabetos, querem mostrar sabedoria sobre seus iguais. É fácil falar para fiéis que são seres que querem a Palavra e, sem saber o conteúdo que o pastor falso que fala, vão para suas casas e acreditam que Deus é perverso, ruim, que não perdoa e vai mandar todos para o inferno. Que somente eles, que se curvarem à vontade do pastor pilantra, vão para o Céu.

Aquele idiota do deputado Marco Feliciano, um mentiroso e sanguinário, vendido para a mentira e condenado pela perseguição que faz às pessoas que não comungam com sua patetice, é um daqueles que será, no momento certo, desmascarado e enviado para o lugar onde o desprezo e a condenação está lhe reservado.

Não é possível que um canalha, que pega a Bíblia na mão, que diz falar em nome de Deus, possa condenar a pessoa porque ela tem seu jeito e seus desejos. Ele não é o juiz do Céu nem um anjo do Senhor. Apenas um palhaço que em nome de Deus, mente e engana as pessoas. Se pensa que vai se dar bem sempre, está enganado. O tempo, que rege e esclarece tudo, vai revelar seu lado lobo. Lobo vestido de cordeiro que, aos poucos, vai apodrecendo e mostrando seu pior lado. Quem esperar mais um pouco, vai ver.
Lugar de canalha que fala em nome de Deus aos inocentes que esperam em esperança e amor, é a fogueira de seus próprios enganos. Se engana um tempo, mas não a vida

Sicoob 2018 - Home
Brasão

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025