Close Menu

Busque por Palavra Chave

Identidade: Mulher! | Qual é o sentido da vida?

Por: Ivânia Zardo Barbiero
14/04/2020 16:26 - Atualizado em 14/04/2020 16:28
Tamanho da fonte: A A

Queridos leitores!

Conforme o passar dos dias, parece que vamos nos adaptando a uma nova forma de viver.

Compenetrados, reflexivos, aceitando as mudanças que essa parada nos tem proporcionado. O mundo do trabalho tem ditado novos modelos eficientes e seguros. No aconchego do lar, junto à família, diversos profissionais dedicam o seu tempo real ao seu labor diário sem deixar nada para trás.

Ontem mesmo, falávamos em família como devemos nos reorganizar para essa nova forma de encarar as coisas. Nós, humanos, necessitamos COMviver, estar presentes, juntos, unidos, partilhando momentos felizes e também momentos que precisam ser compartilhados, pois, apesar de tudo que tem se mostrado na vida, ainda temos família, amigos, irmãos, vizinhos, colegas, colaboradores, clientes e que mesmo com toda tecnologia existente, nada como olhar nos olhos e sentir o calor "presente" dos nossos amados.

Entendo que, por certo tempo, estivemos nos afastando uns dos outros, nos voltamos para o ter, o fazer, o crescer materialmente e deixamos para trás o "sentido da vida". Aí, como é do meu contento, pergunto a vocês de coração: Qual o sentido que dá à sua vida? O que nesse momento lhe impulsiona a seguir avante mesmo sabendo que o vento muitas vezes sopra contra a vela de seu barco? Nas palavras de Heidegger, "A vida em si não tem sentido, somos nós que atribuímos um sentido para ela".

Em 2014, ao escrever o meu Trabalho de Conclusão de Curso, passei por diversos atravessamentos que me proporcionaram dar novo sentido à vida. Professores que não aceitavam a minha temática a qual eu insistia em dar andamento... Era a minha história frente aos desencontros da vontade dos orientadores. Mesmo assim, segui minha jornada. Tive apoio de colegas e professores amigos a me auxiliar e fiz com muito carinho o meu trabalho. Então, antes mesmo de toda a minha pesquisa, lá está a frase que descreve quem sou eu para a minha existência.

Como já se referia o existencialista Jean-Paul Sartre também me referi no TCC: "A questão não é o que fizeram comigo, mas o que eu farei com o que fizeram comigo".

Esse é o verdadeiro sentido que devemos dar às nossas vidas. Reinventar, reprogramar, mas acima de tudo fazer aquilo que realmente nosso coração anseia no momento. A cada dia um novo passo. Vivendo o AQUI AGORA sempre.

Vivamos o momento!

Boa semana a todos!


Sicoob 2018 - Home
Vederti Chapecó
Serrano Máscaras
Prefeitura de Xaxim - Maio
Rech

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro