Na Essência | Debate? Desconstrução, isso sim!

Por: Júnior Chisté
26/10/2018 11:03 - Atualizado em 26/10/2018 11:04
Tamanho da fonte: A A
Divulgação/LÊ Debate na NSC, na noite desta quinta-feira (27), transformou-se em entrevista, devido à ausência do Comandante Moisés
Debate na NSC, na noite desta quinta-feira (27), transformou-se em entrevista, devido à ausência do Comandante Moisés

Ontem, como já é de costume antes das eleições as grandes redes de televisão do país pelo menos nos últimos 30 anos, realizam o último debate com os candidatos à Presidência da República e no caso também ao Governo do Estado. É comum sim, quando um candidato, segundo as pesquisas e o que se vê nas ruas estar com "a mão na taça", não comparecer exatamente neste que chamamos de debates de ideias, mas que costumeiramente o que se vê, principalmente por parte de quem está atrás das pesquisas e quem sente que estás prestes de perder a eleição é tentar fazer do adversário um incapacitado, um ser impotente de sequer administrar um condomínio.

Pois bem, é fato de que os debates que eram para sempre serem de ideias para o eleitor, sempre procuraram o lado pessoal. Tanto que aqui no Estado o primeiro debate, a primeira pergunta foi sobre a aposentadoria de seu oponente! O que isso interessa para os destinos dos catarinenses? Só pra exemplificar? E as aposentadorias da própria classe política, como dos ex-governadores, por exemplo?

Mas voltando às faltas aos debates. Isso tudo começou ainda em 1989, sim, logo após a formulação de nossa constituição, lembram? O então presidenciável Fernando Collor, preferido nas pesquisas, também não deu importância aos debates e venceu as eleições.

Fernando Henrique Cardoso, eleito no primeiro turno nas duas eleições que concorreu em 1994 e 1998 também não era adepto dos debates com presidenciáveis. Em 1994, por exemplo, participou apenas de um dos três eventos organizados por grandes emissoras de TV do país.

Lula não compareceu a NENHUM debate do 1º turno em 2006. Na época, o ex-presidente tentava a reeleição e teve seu nome envolvido no escândalo do Mensalão.

Cá pra nós, em Santa Catarina tivemos debates até demais e as pesquisas estão aí apontando clara vantagem para o candidato do PSL que durante o dia de ontem, segundo nota oficial de sua assessoria alegou infecção aguda nas vias aéreas superiores, sendo que ainda na última quarta-feira toda sua agenda também já havia sido suspensa em virtude deste quadro clínico.

Como diz um amigo jornalista “faz parte do jogo”. Se há políticos que perseguem funcionários públicos, se há políticos das antigas práticas que usam do dinheiro público para se beneficiar, para simplesmente destronarem pessoas de suas funções, para fazerem destas como marionetes, por que não aceitam isso?

Aceita que dói menos!

E a título de Brasil, Bolsonaro caminha livre para ser o presidente do Brasil.

Participou de apenas alguns debates no primeiro turno e em decorrência do atentado que teve, repousa em seu domicílio rodeado da mais completa segurança e a espera do clamor das urnas, ou alguém tem duvida disso?

É bom lembrar que estou escrevendo seguindo as pesquisas eleitorais e no que tenho visto em manifestações pelo Brasil afora e especialmente nas redes sociais, esta sim o verdadeiro termômetro, tanto no Brasil como em Santa Catarina.

Se Haddad e Merisio podem ainda surpreender? Tudo é possível, principalmente tratando-se de política, mas particularmente eu como colunista, leitor de diversos jornais e pelo que tenho visto, posso lhe dizer que vejo com clareza a preferência do eleitorado por Bolsonaro e Comandante Moisés, respectivamente, e assim tem mostrado às pesquisas, inclusive.

Agora, vitória definitiva somente quem dará será o povo através de seu voto e o Tribunal Superior Eleitoral quando fará seus devidos anúncios oficiais, até lá, nos baseamos em números e no que estamos vendo.

Faça sua escolha seguindo sua opinião: qual é o candidato que possui de você mais confiança, uma vida ilibada, sem vícios, sem politicagem, para comandar o país e Santa Catarina nos próximos quatro anos?

Bom voto, bom final de semana e segunda-feira sempre com muita paz e luz, aqui estaremos com a graça Divina.


Sicoob - Home

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025