Na Essência | Felicidade primeiro, sucesso depois

Por: Júnior Chisté
03/04/2019 09:18 - Atualizado em 03/04/2019 09:54
Tamanho da fonte: A A

"Essa tal felicidade" como diria a música de Tim Maia.

Quando ela é possível de ocorrer, em que momentos da vida ela acontece e porque acontece?

Felicidade são fagulhas, especialmente hoje em dia onde o ser humano se retém não somente no aspecto do TER mas usa seu precioso tempo na tecnologia.

Quando se diz que você precisa ser feliz primeiro para, só depois, ter um sucesso sólido e robusto em todas as áreas da sua vida, a gente não está falando de uma felicidade falsa, montada ou arquitetada.

Não é aquela felicidade de posar para os amigos como se você fosse o dono do mundo, totalmente seguro, descomplicado e inteligente quando, na prática, você está cheio de traumas e medos.

Isso não é felicidade.

A ideia que te diz que você precisa ser feliz agora, no momento presente, e realmente aproveitar a sua vida antes de querer algum sucesso mais prático e visível não está te pedindo para suprimir os sentimentos ruins ou fingir que eles não existem.

Felicidade não é perfeição.

E nem sempre a felicidade é bonita ou fácil, também.

Não é acordar todos os dias em um comercial de margarina e continuar rindo e achando graça de todas as coisas ruins que estão acontecendo ao seu redor.

Vamos deixar isso claro de uma vez para você não tatuar a ideia errada na sua caixola.

O lance é: resultados bons, sucesso, vitórias e mais vitórias em todas as áreas da vida de uma pessoa são coisas mais difíceis de acontecerem quando a dita pessoa está infeliz, no chamado estado lastimável, bancando a vítima o tempo todo e tapando os olhos para as suas próprias questões.

O sucesso não dá no meio do nada.

Ter sucesso implica em ter hábitos bons, em fazer decisões bem pensadas e, claro, em ter um pouquinho de sorte.

Uma vida plena, cheia de recursos e lotada de pessoas ótimas te ajudando e te amando não acontece de repente ela é construída e se constituí de atitudes e ações que gerem esses tais momentos.

Fica parecendo que a gente só vai ser feliz depois que algo acontecer.

Comprar um carro, comprar uma casa, ter filhos e se casar, finalmente começar o seu negócio, se tornar um artista respeitado e bem conceituado, terminar as suas três faculdades e os seus dois pós-doutorados, encontrar o parceiro "ideal", fazer e acontecer para, só depois, ser feliz.

Aí é que está a raiz do problema.

Coisas boas não acontecem com tanta facilidade assim quando a gente se priva da felicidade agora, no momento presente.

Elas são mais difíceis de acontecer quando você está esperando para viver a sua vida você meu caro leitor e leitra, entende o ponto principal?

O problema não são as suas metas, e sim o ato de condicionar a sua felicidade à elas.

E, enquanto isso, esquecer de aproveitar a montanha russa.

A vida foi feita para que você use bem todos os seus recursos, não aqueles que sempre lhe ensinaram, estou me referindo aos RECURSOS INTERNOS.

A vida e o tempo não param. Ela não espera você e nem segura o tempo para que você possa beber uma água ou descansar!

O que falta pra você ser a pessoa que sempre quis ser?

E de novo, reforço: ser feliz é sim enfrentar os seus medos, suas angústias, seus maiores temores e ultrapassá-los também.

Nenhuma felicidade e paz de espírito chegam sem as adversidades.

Todo mundo tem problemas, todo mundo fica pra baixo às vezes e todo mundo (inclusive os seus heróis e figuras públicas que você tanto admira) é um pouco doido ou sofre de uma ou outra condição mental intensa.

Aceitar esses dois aspectos da vida é primordial.

Grande abraço, paz e luz.

Neste sábado e domingo, lanço meu próprio método, o "Encontro com Você", no SeVille Park Hotel, cujas vagas se esgotaram já há quinze dias.

Feliz!


Sicoob 2018 - Home

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025