Na Essência | Aprimore sua liderança!

Por: Júnior Chisté
12/04/2019 09:26 - Atualizado em 12/04/2019 09:31
Tamanho da fonte: A A

Cumprimente com sinceridade: Eu sei que sua cabeça está cheia de pendencias pra resolver, que está atrasado para próxima reunião, que as contas não estão fechando, que seus filhos estão te enlouquecendo, mas, por favor, não faça de conta que o ser humano que está ali ao seu lado, dentro do elevador com você, não existe. Dê um bom dia sincero. Comente algo que mostre a ele o quanto o julga importante. Procure saber mais sobre sua vida. Além de ganhar um sorriso e sua simpatia, de quebra ainda poderá descobrir que aquela pessoa tem um grande potencial e pode estar na posição errada.

Estabeleça uma comunicação genuína: Lembre sempre que em um processo de comunicação há sempre um emissor (você) e um receptor (seu interlocutor). Se você não demonstrar verdade, autenticidade, sinceridade, o tiro certamente sairá pela culatra. Não tenha medo de ser e expressar quem você é. Você só estabelecerá uma comunicação eficaz e terá credibilidade se quebrar o gelo. Do contrário, é mais provável que não será compreendido. Prepare-se para situações de crise que irão exigir conversas difíceis e, se avaliar que não está sereno o suficiente, vá tomar um café, dar uma volta, respirar e, somente quando se sentir pronto, inicie o diálogo (eu disse diálogo, não monólogo). E, nestes momentos adversos, jamais esconda-se atrás de uma mensagem de e-mail ou de WhatsApp. Na crise, olho no olho!

Olhe-se: Seja qual for a situação, não esqueça que há sempre um tom de voz adequado (nunca, jamais grite com ninguém!), um linguajar, um gesto, o contato visual e muitas outras sutilezas que são determinantes para passar segurança na sua comunicação e conquistar, envolver sua audiência. Se vai proferir uma palestra ou comandar uma reunião, prepare-se e pense como irá se apresentar mediante seu público. Se irá apresentar um projeto aos acionistas, construa dentro de si uma persona autoconfiante, que sabe o que diz e está segura sobre suas ideias. Esteja sempre pronto para ser confrontado e responder perguntas difíceis. Procure aprender com as situações em que alcançou uma boa performance na sua comunicação e não fuja daquelas que te tiram da sua zona de conforto. A boa comunicação só se aprende na prática, no dia a dia. Encare os momentos mais difíceis como as melhores oportunidades para se desenvolver.

Faça uma leitura do seu interlocutor antes de começar a se comunicar: Tenha sempre em mente que para ser compreendido é preciso primeiro compreender o outro, sua essência, sua história, sua vida dentro e fora da empresa. Você nunca chegará a um entendimento sobre o outro somente a partir daquilo que você vê. Portanto, esteja pronto para escutar (sempre!) e fique atento a todos os mínimos sinais. Muitas vezes, um olhar representa muito mais do que o outro consegue traduzir em palavras. Mantenha seu radar ligado.

O poder do feedback: Se você ainda não tem clareza sobre sua habilidade comunicativa converse com seus pares mais próximos. Peça a eles que digam com franqueza (pode ser uma única pessoa da sua confiança) o que pensam sobre a maneira como se comunica, como se apresenta, que imagem passa dentro da organização. Da mesma forma, não tenha medo de dar feedback. Os millenials (nascidos entre 1979 a 1995) valorizam muito ouvir de seus líderes o que pensam sobre eles. Se souber estabelecer esta troca é mais do que meio caminho andado para ter a tão desejada empatia.

Para encerrar, deixo o provocativo pensamento de Dalai Lama: “A arte de escutar é como uma luz que dissipa a escuridão da ignorância”.


Sicoob 2018 - Home

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025