Close Menu

Busque por Palavra Chave

Na Essência | Descreva o AMOR!

Por: Júnior Chisté
12/06/2019 09:26
Tamanho da fonte: A A

Na última segunda-feira (10), participei durante trinta minutos, como Ppicólogo, falando para a população de Itapiranga, através da rádio Onda Positiva FM/TV.

E sempre as questões tem sido sobre o mundo virtual em que estamos vivendo, ou seja, a atenção máxima às redes sociais, ao mundo tecnológico e sim a preocupação constante dos pais para com seus filhos adolescentes que nasceram neste mundo online.

Pois bem, e o seu mundo offline?

Sim o mundo em que nossos ancestrais viveram, onde os melhores aplicativos eram as conversas, os abraços, o olho no olho, havia sim a empatia tão em falta nos dias de hoje.

Agora, vamos nos remeter a este dia, o dia de hoje, o dia que é lembrado como o "Dia dos namorados".

Sem entrar no mérito de que é sim mais uma data para se vender mais, para o consumismo se tornar evidenciado e as pessoas correrem para as lojas em busca de um "mimo" para o seu amor.

Sem presentes não há amor verdadeiro (risos).

Nos dias onde você baixa um aplicativo, se torna uma mercadoria, fica à disposição de seus "consumidores" e logo se conecta com pessoas que também estão esperando por escolhas.

Nestes aplicativos a melhor oferta também é a mais procurada.

Rosto bonito, corpos sarados e a promessa que ali, estão unicamente em busca de um parceiro para viverem um conto de fadas.

Tire uma foto, mostre seu corpo e obterás diversas curtidas, logo me sinto bem.

Se tiro uma foto, com minha imagem e poucos curtem, logo sinto que na prateleira da existência humana há maiores ofertas no "mercado".

Logo, tenho que usar de alguns artifícios: menos roupas é a certeza de curtidas e comentários. Sim, também uma frase emoldurando esta foto que faz com que a imaginação de quem está vendo seja aguçada. Logo sou chamado no direct e leio ou ouço diversos convites para um "VAMOS NOS CONHECER MELHOR".

Aí então eu perguntaria pra você descrever o que é amar, o que é amor, o que é realmente a magia da conquista nos dias de hoje?

Você que é casado há dez, quinze, vinte anos. Possui filhos, como imagina que será o relacionamento de sua filha, de seu filho daqui há cinco anos por exemplo?

O fato é que todos nós temos que estar preocupados sim com o mundo e a banalização dos relacionamentos.

Tudo é muito fácil, tudo ocorre de maneira precoce.

A imbecilidade do homem onde quanto mais melhor, demonstra nada mais que é um ser inseguro, que não é capaz nem de conter seus impulsos e sua libido.

Não este não é melhor que outros, só está mostrando o quão vulnerável é e o quanto de deturpação emocional há neste ser.

A insensatez de mulheres que acham porque os homens até hoje foram assim ou assado, agora chegou a vez delas de "darem o troco".

Estão sendo imbecis tanto quanto.

Com tudo isso que escrevi, quero lhe dizer pra antes de amar alguém, olhar-se pra você e amar-se, valorizar-se.

As pessoas, e essas são poucas, irão lhe procurar por seus valores, por sua maestria de viver, pelo seu caráter.

Vão pagar um preço muito mais caro pois sabem que palavras, que gestos, que ostentação não lhes chama a atenção.

Pra levar "esse produto" você vai ter que pagar um preço muito caro.

Terá que demonstrar as mesmas ponderações, terá que mostrar algo que você encontrará somente no mundo offline: respeito, carinho, afeto, compaixão e uma vida excelente ao lado de quem realmente está decidido a somar em sua vida, pois de divisões o mundo está cheio.

Ame, ame de forma íntegra. Se você, com o passar do tempo não seja correspondido, sem estresse, você terá vivido o que muitos hoje já não sabem como vivenciar: o amor verdadeiro, o amar!


Sicoob 2018 - Home
Brasão
Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025