Close Menu

Busque por Palavra Chave

Na Essência | Quando você vai perceber que seu colaborador é um ser humano?

Por: Júnior Chisté
19/08/2019 08:48
Tamanho da fonte: A A

Muito comum hoje em nosso país escutarmos que o Governo tem que investir mais na educação. As afirmações neste sentido apontam que, em um país a educação é base da formação da população. "E ISTO É A MAIS PURA VERDADE".

Mas e a sua empresa investe em um programa de treinamento para os colaboradores? Existem várias empresas, comércio e prestadores de serviços que contam com excelentes profissionais, mais que jamais receberam algum tipo de treinamento. Imaginem se eles fossem treinados então? As empresas querem colaboradores com bom desempenho, mais não dão condições para que atinjam sua velocidade de cruzeiro. Infelizmente este é o pensamento de algumas empresas: Treinamento é custo, e só é feito quando absolutamente necessário. Na escola, na Faculdade, quanto tempo levamos até completarmos a nossa formação? Aí a empresa acredita que um treinamento pontual pode resolver as coisas.

Estamos falando de Treinamento que é vital para melhorar a formação e o futuro dos colaboradores e das empresas.

Investir para quê?

Algumas empresas querem ter profissionais altamente preparados para as funções, mais não querem treiná-los. Como conseguir resolver esta situação?

A coisa funciona assim: empresa que não investe em treinamentos e quer exigir de seus colaboradores um alta performance, fique tranquila, o seu colaborador vai ficar desmotivado, estressado e vai embora procurar um local para trabalhar que lhe dê formação e perspectiva de crescimento de carreira. Algumas empresas pensam que se investir em treinamento, o colaborador depois de certo tempo vai embora e a empresa perderá o investimento feito.

Fica a pergunta: O que sua empresa prefere? Um colaborador bem treinado que trará resultados positivos, ou um colaborador sem treinamento que ficará eternamente encostado?

Assim como num investimento financeiro “puro”, variedade frequentemente é vantajosa. Você perde em um, mas ganha com outros. Se você fizer um programa de treinamento que “cobra” participação dos funcionários no tempo deles, vai poder mensurar o interesse. “Venda” o treinamento como um benefício, que mostra que você se importa com eles. Se alguns saírem, provavelmente não valiam a pena mesmo – mas no longo prazo, vai valer a pena.

Não há melhor investimento que esse. Se você quer resultados maiores, colaboradores e equipe gestora totalmente inserida no contexto da empresa, você terá que prezar não meramente pelos resultados que eles possam te entregar, mas acima de tudo ter uma empresa saudável.

E só há vitalidade em uma empresa quando esta inicialmente focar na saúde mental de seus colegas, de seus colaboradores. De nada adianta motivá-los por aumento salarial ou algo parecido, logo isso se tornará rotineiro novamente. As pessoas que estão em uma empresa querem antes de mais nada serem reconhecidas como seres humanos, como pessoas e não meramente vistas como um instrumento que fará com que o proprietário se torne cada vez mais poderoso monetariamente.

Você possui uma empresa, dez, vinte ou mais colaboradores? Há quanto tempo não cuida da saúde mental deles? Mas lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer, um treinamento com resultados e que vise a saúde mental terá que ser apresentado por alguém da área, alguém que não somente se graduou, mas que tem vivências, experimentos. Isso resultará definitivamente em resultados e não apenas em motivação barata.


Sicoob 2018 - Home
Brasão
Vederti Chapecó
Alesc - Sua Causa

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plíno Arlindo Nês, 1105, Sala, 202, Centro