Close Menu

Busque por Palavra Chave

Creche e Defensoria juntas; Cris Zanatta quer 2020; Adepol e Ulisses Gabriel; Geovania em Harvard; CCJ destrói-se; João Amin amanhã

Por: Marcos Schettini
05/04/2019 00:42 - Atualizado em 05/04/2019 11:20
Tamanho da fonte: A A

Pai, Filho e Espírito Santo

A eleição do ano que vem vai colocar João Amin no jogo eleitoral. Tem na família o histórico de prefeitos da Capital e, no sangue, quer ter o mesmo rumo. O deputado estadual tem sido visto como um quadro que ganhou altura, responsabilidade e valor de sensibilidade. Por isso, em ter a experiência em casa, sabe exatamente como seguir. Sinalizou nesta direção ao oferecer para o vereador Pedrão a presidência do Progressista de Florianópolis até para ampliar este alcance. Sentiu-se, com este gesto, afrontado pelo vereador mais votado da história ilhéu que, ao contrário, apoiou Leodegar Tiscoski a federal e Silvio Dreveck estadual quando, previa, seria em Angela e em sua liderança. Agora, repetido na Alesc, o progressista quer entrar na galeria de prefeitos depois de Gean Loureiro. O ulyssista está quase com os dois pés longe do atual partido e, indo à direita, podem misturar o suor eleitoral. Tem que ver se a mãe, derrotada por ele, vai gostar disso. Em política, tudo muda. Que o diga os dois senadores Amin e Dário Berger.


Solução
A Defensoria Pública de SC está avaliando a possibilidade, de urgência, criar força-tarefa, pela via do entendimento, que o prefeito Udo Döhler garanta, definitivamente, vagas nas creches de Joinville. A defensora Larissa Gazzaneo está indo atrás da reposta.

Problema
O secretário da Educação de Joinville só concede a vaga nas creches apenas para quem está trabalhando. Isso quer dizer que a pessoa desempregada não tem como deixar os filhos para procurar o emprego. É nisso que Larissa quer sensibilizar Udo na causa. Se não der, vai forçar.

Reação
Caso não consiga garantir que a prefeitura libere as vagas, vai fazer a força-tarefa acontecer imediatamente. Já tem amparo do desembargador Luiz Fernando Boller para que contemple a creche para as crianças. As mães, sem saber onde buscar apoio, encontraram na Defensoria Pública.

Voltou
Cris Zanatta que disputou a eleição para prefeita de SMO fazendo quase 4 mil votos, venceu novamente a disputa pela presidência do PSDB. Desta vez foi contra Daniel Rolim. A valente tucana, alinhada ao deputado Marcos Vieira, fez quase 65%, animando-se para a disputa no ano que vem.

Ela
Com a missão de buscar novas filiações, Cris Zanatta entende que o PSL, surpresa na última eleição, não pega mais ninguém de calça curta. Com feminilidade marcante, vai falar suave nos ouvidos do eleitor no ano que vem. Entende que o PSDB será a opção no pleito municipal.

Enfrentamento
Wilson Trevisan, com ampla coligação de apoio, venceu o pleito. Cris Zanatta saiu sozinha fazendo Mais de 18% dos votos. Ela, entusiasmada, vai dar musculação ao PSDB e mergulhar novamente na eleição do ano que vem. Por ser mulher, lê que isso vai influenciar.

Contestação
A diretoria da Adepol, Associação dos Delegados de Polícia de SC, contestou os comentários feitos neste Satélite no número de associados. Não são 500, mas 645 com, inclusive, direito a voto. Defendeu Ulisses Gabriel quanto à lisura e capricho no trato com a entidade.

Lutador
Ulisses Gabriel teve dedicação plena em defesa dos delegados com nomeações, cerca de 130, titularidade para DIC, fim do pedágio de 12 horas obrigando-os a trabalhar a mais por mês. Lançou três livros, de polícia judiciária e direito penal, para instrumentos da classe.

Poderosa
Geovania de Sá está nos EUA, ao lado do ministro do STF Luiz Fernando Barroso e Raquel Dodge, procuradora-geral da República, para palestrar em Harvard. A deputada federal fazendo história e chegando onde muitos gostariam. A tucana, injetando hélio na carreira, só sobe.

Palestra
A deputada de Criciúma vai falar sobre Tolerância, Relações entre Estado e Religião no Brasil. Evangélica, conhece do tema. Será recebida em Boston pela comunidade brasileira de estudantes no Conference at Harvard & MIT, em Cambridge, Massachusetts.

Pois
Clésio Salvaro, ao contrário da leitura feita, disse-se surpreso quando entendeu que estaria, ao lado de Geovania de Sá, construindo o rumo para que a deputada assumisse o comando do partido. Reafirmou que a tucana quer Beto Martins na presidência.

Final
A cena vista entre Paulo Guedes e deputados da oposição na CCJ, foi a demonstração de que a eleição não terminou. Se o ministro afirma que a Nova Previdência é o futuro do Brasil, seus contrários dizem que é um acordo entre a barata e o chinelo.

Vassoura

Os deputados estaduais entenderam que a distância de Eduardo Pinho Moreira do MDB neste momento de sangria, tirou-lhe a oportunidade para conduzir o partido. A sigla, mais que esfarelada, virou motivo de fuga. Como não tinham ninguém, entrou Fernando Krelling.

Relaxa

Se o deputado Krelling é jovem, alto e limpo, estava quase beijando a mão do diabo. Sabia que Luiz Fernando Vampiro, hoje líder absoluto no MDB, queria sugar seu sangue em uma missão desnecessária. O deputado de Criciúma queria elevar debate. Deu certo.

Eu

Quando forçou tudo para obter o ideal em Eduardo Pinho Moreira, Vampiro olhou Joinville pelas costas. Seu desejo sempre foi o ex-governador filho do Sul. Agora, com a entrada de Dário Berger para levar o bonde, muda tudo. Até Gean Loureiro, com Gelson Merisio na testa, repensa.



Sicoob 2018 - Home
Brasão
Flic - Sâo Lourenço do Oeste

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025