Close Menu

Busque por Palavra Chave

PSB de SC venceu; Gean Loureiro não vai; Berger aprofunda; Convenção do MDB ferve; Bolsonaro e o futuro

Por: Marcos Schettini
15/05/2019 10:11
Tamanho da fonte: A A

Ninguém sabe que vai acontecer com o Brasil

Jair Bolsonaro falou a linguagem da mudança que seus aliados observam durante a pré-campanha e, pelos caminhos de dúvida que o país então vivia, enfrentamento de extremos e corrosão do centro, venceu um pleito esfaqueando a barriga da esquerda. O militar chegou ao comando de uma Nação que viu no slogan preferido que utilizava, o Brasil acima de tudo e Deus acima de todos. E, motivado pela falta de questionamentos na exigida mudança de rumo, o que se vê agora são outras dúvidas ganhando a imaginação empresarial, militar e civil. A confusa falação, a Torre de Babel entre os ministros e o presidente, é algo assustador. O país precisa seguir em frente e, pelo visto, parou geral. O Congresso fala A, o Judiciário B e o Executivo C. O enfrentamento entre Poderes é surreal. O vice Hamilton Mourão está quieto demais. Nuvens escuras, aparecendo no horizonte, mostram tempestades logo ali. Se o raciocínio não estiver errado, espera-se que sim, tudo pode desmoronar. Paulo Guedes já se irritou e Sérgio Moro foi para a frigideira. Dois principais pilares balançam.


Animação
A vitória do grupo anti Carlos Siqueira, presidente nacional do PSB que, violento, tentou tirar a sigla do coletivo construtor em SC, recebeu com alegria a reafirmação do Judiciário a nova derrota ao ato do líder em Brasília.

Reação
Reconfirmado o retorno do controle do partido, Ronaldo Freitas vai liderar o grupo para restabelecer a paz interna, sem caçar bruxas, e agregar em torno da sigla os melhores quadros. Deles, Mário Hildebrandt e Fabrício Oliveira.

Meta
A Executiva vai visitar os dois prefeitos, Blumenau e Balneário Camboriú, para que revejam suas saídas e retornem ao partido. Ronaldo vai levar um leque de ações internas e o horizonte eleitoral do ano que vem para convencê-los.

Clima
Azedos entre si, Dário Berger e Gean Loureiro, que não se falam há três meses, não têm demonstrado qualquer interesse em reatar a relação neste momento pré-eleitoral da Convenção no MDB que o prefeito de Florianópolis não deverá ir.

Sinalização
Depois da prisão de Temer, mesmo com a soltura de hoje, jogou Gean Loureiro na certeza do desembarque ulyssista. Se pesquisas em seu poder indicam fugir do MDB para garantir a reeleição, o cenário nacional é a cereja disso.

Então
Celso Maldaner tirou as orelhas e guardou no porta-luvas do carro para evitar que, com elas, escute qualquer pedido para desistir da candidatura pela presidência do MDB. O deputado federal correu o estado e tem garantias de vitória na Convenção.


Divisão
Se Luiz Fernando Vampiro trabalha no campo subliminar para minar qualquer possibilidade do deputado federal chegar à presidência, Celso Maldaner ganhou dois fortes aliados para a chegada. A declaração aberta de Moacir Sopelsa e Valdir Cobalchini.

Choque
Cobalchini e Sopelsa querem devolver a Vampiro o fel bebido na composição da Mesa da Assembleia e a rasteira nas Comissões da Casa. Os dois deputados agora olham Mauro De Nadal jogando pró-Maldaner, traindo o deputado do Sul.

História
Luiz Fernando Vampiro espera manifestação de Mauro Mariani para dar uma rasteira em Celso Maldaner, justamente porque foi o líder da bancada que, em um gesto conhecido, tirou Cobalchini da disputa pela Mesa da Alesc.

Cenário
O clima começa a ganhar calor a partir de hoje. Com o retorno de Eduardo Moreira para somar em favor do partido, inclusive o consenso, tem interesse direto na divisão para, no dia da Convenção, ser aclamado pela unidade.

Movimentação
O Progressistas tem evitado falar em convenção para não deixar Silvio Dreveck ganhar voz pela reeleição interna. As lideranças entendem que, com o partido na mão, a família Amin estaria controlando tudo desnecessariamente.

Ligação
Pedrão de Assis, que preside o Progressistas de Florianópolis, chegou ao comando do partido pelas mãos de João Amin. Na eleição passada, o vereador jogou tudo na eleição de Silvio Dreveck e Leodegar Tiscoski, estadual e federal. Ambos escorregaram.

Digitais
A família Amin entendeu o gesto de Pedrão como uma afronta para tirar Angela e João do jogo de 2018 e ganhar hegemonia no partido. Como via-se forte nas urnas em 2016, sendo o mais votado da história, o vereador entendeu fazer repeteco.

Ruim
A eleição de Dreveck e Leodegar na Capital levou Pedrão à realidade dos tempos. Para Silvio se manter no controle do Progressistas em agosto, mês da Convenção, vai ter que sentar com a família. O agora deputado tem eco, mas vai ter que pedir o carinho.

Ninguém
Adeliana Dal Ponte ainda não revelou seu nome para a sucessão em São José. Se ela foi campeã com Gelson Merisio com vantagem sobre Carlos Moisés de 1,4% no 1º turno, na conclusão a diferença foi de 42,32%. E Djalma Berger rodando.

Desempenho
Como Carlos Moisés tirou a roupa de Bombeiro e vestiu a de governador, está mexendo para desenhar vários nomes com força eleitoral no ano que vem. Em São José, a movimentação será feita por Douglas Borba, o mentor do inquilino d’Agronômica.

Ele
O ex-vereador Douglas Borba tem sido, sabe-se, o indicador de direção do marido de Késia da Silva. Experimentado nas urnas, com jeito de Arena, aprendeu a andar no tabuleiro. Com a Casa Civil nas mãos, o rapaz tem dado show de articulação.

Arrumação
Perdido e agora se encontrando, Carlos Moisés está ganhando jeito pelas digitais do secretário da Casa Civil. Borba é elogiado pelo coletivo que vai à Casa d’Agronômica ou no Centro Administrativo. Ele é o responsável pela evolução das conversações.

Sensibilidade

A Defensoria Pública, de aniversário no próximo dia 19, vai reunir seu coletivo na Praça XV, na Capital, para realização de serviços jurídicos gratuitos em toda a sexta-feira. Vão escutar as lamúrias de desemparo, financeiro e do Estado, para buscar soluções de suas lutas.



Sicoob 2018 - Home
Brasão
Alesc - 1

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025