Close Menu

Busque por Palavra Chave

Moisés e Reinehr viram chacota; Governador protege Esmeraldino; Fábio Schiochet olha 2020; Nilso Berlanda e a Previdência; Mário Hildebrandt ganha altura

Por: Marcos Schettini
10/07/2019 02:09 - Atualizado em 10/07/2019 02:09
Tamanho da fonte: A A

Mário Hildebrandt ganhou tudo em 2019

No Rio de Janeiro para cumprir agenda e carimbar a conquista de Blumenau como cidade com maior capacidade para abrigar a grandiosa competição do esporte escolar do Brasil, evento que ocorre na segunda quinzena de novembro, o prefeito da cidade da Oktoberfest vai abrigar 5 mil atletas e membros das comissões técnicas nesta festa que reúne modalidades de disputas internacionais. O que garantiu o passaporte foi a infraestrutura municipal. As estruturas do Parques Vila Germânica, Galegão, Ramiro e as dependências do Sesi estão muito próximas entre si. Mário foi protagonista, desde o início, das conversações nesta direção que pesou na confirmação do calendário. Com esta bandeira, a Capital do Médio Vale fica dois meses sob emoção que inicia em outubro e termina em novembro. A economia fortalece e chega até o Natal com ganhos ativos no comércio e turismo. Gol olímpico do marido de Sueli Hildebrandt.


Chacota
Embora as demonstrações inéditas do governador tocando violão e fazendo mergulho em apneia, de fato é o que há de mais novo nestes tempos de administrações saídas das urnas do ano passado. Impressiona pela recepção na sociedade.

Socorro
Não basta a vice-governadora dando show de tolices quanto à segurança, caríssima, que tem sujeitado o cidadão, o seu titular vira chacota ao não dizer absolutamente nada. Os empresários, negados às discussões, assistem pasmados.

Pois
Fica ruim para secretários que querem dar testemunhos de suas atividades, concedendo entrevista ali e lá, diante de um leque de inexplicáveis atitudes de seus chefes. Carlos Moisés e Daniela Reinehr são dois personagens fictícios.

Troca
Ao manter Lucas Esmeraldino à frente da Secretaria de Desenvolvimento, Carlos Moisés assina a defesa de seu, hoje, subalterno. Quando era um staff do então vereador em Tubarão, o ex-bombeiro também era protegido. Agora faz o mesmo.

Surdo
Enquanto o Ministério Público aperta a corda no pescoço de Lucas Esmeraldino, Carlos Moisés afrouxa. Não está preocupado com o que pensa a Promotoria. O irmão de Cris, o lobbysta, é quem tem supremacia plena sobre o Chefe do governo.

Escondendo
MP monta o amadurecimento para a acusação que envolve a célula Esmeraldino e o vídeo com o governador assobiando, ganha piadas por quem é do meio. Nisso, Moisés deve dobrar o tempo do mergulho de apneia para evitar ser visto.

Mapa
Fábio Schiochet está aguardando o tempo ideal para baixar a poeira da rasteira que Lucas Esmeraldino levou, desta vez com tombo, para desenhar a agenda de trabalho à frente da presidência do PSL. O deputado federal quer conhecer os desafios.

Diferença
O deputado federal do PSL de Jaraguá do Sul não quer afrontar Esmeraldino, mas vai dar seu ritmo às movimentações do partido. Chefe pleno da Secom da Câmara dos Deputados, Fábio Schiochet chama para si a responsabilidade.

Desempenho
Como a construção das eleições ocorre já em abril do ano que vem, momento para aproximação de ideias semelhantes, o deputado federal quer ter posse plena do quadro partidário para construir o PSL. Schiochet quer, pelo que tem, fazer bonito.

Conclusão
Camilo Martins foi à avenida das Torres para afirmar que vai entregar a obra que finaliza aquele acesso no miolo municipal. O prefeito de Palhoça, amadurecendo sua possível saída do PSD, quer chegar em 2020 com índices inéditos de aprovação.

Ele
Nilso Berlanda comemora a arrancada positiva da Reforma da Previdência que foi madrugada a dentro. Empregador potencial no ramo comercial, sabe que com a chegada do novo cálculo, discutido ontem na Câmara, o país avança.

Eles
Não somente o deputado estadual Nilso Berlanda vê novo rumo ao país, Bruno Breithaupt, presidente da Fecomércio, e Mario Cezar de Aguiar, presidente da Fiesc, que estiveram com Rodrigo Maia no final de maio, dormiram mais confiantes.

Defesa
Mario Cezar de Aguiar e Bruno Breithaupt levaram a Rodrigo Maia o pensamento do PIB de SC em relação às reformas da Previdência e Tributária. Articulado pelos deputados federais Carlos Chiodini e Darci de Matos, o documento foi entregue ao presidente da Casa.

Suporte
O presidente da Fecomércio levou para dentro da entidade o método compliance para ter norte de gestão nos tempos que exigem expertise e velocidade. De posse deste novíssimo observatório inteligente, guia-se para ter os melhores resultados.

Visionário

Prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, empresário, olha o futuro. Motivado na lógica privada, aplica o método compliance na área pública. Não quer tropeçar, ele mesmo, na LRF que leva todos à Justiça para explicar, como réu, equívocos.



Sicoob 2018 - Home
Brasão
Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025