Close Menu

Busque por Palavra Chave

Entrevista | Prefeito de Bombinhas investe em preservação para atrair turistas do Mercosul

Por: Marcos Schettini
11/07/2019 11:05
Tamanho da fonte: A A

Paulo Henrique Dalago Müller, o Paulinho, assumiu o comando da Prefeitura de Bombinhas em abril de 2018, após renúncia de Paulinha, que foi eleita deputada estadual em outubro. Como prefeito, Paulinho tem acelerado os trabalhos com investimentos em preservação, saúde e infraestrutura para atrair turistas brasileiros e da Argentina, Uruguai e Paraguai. Em entrevista exclusiva concedida ao jornalista Marcos Schettini, Paulinho também falou da extinta Secretaria de Estado de Turismo, dos governos de Jair Bolsonaro e Carlos Moisés. Confira:

Marcos Schettini: Ao ser extinta como Secretaria de Turismo na reforma administrativa, não prejudica o setor em SC?

Paulinho: Uma das maiores perdas do Estado foi a Secretaria de Estado do Turismo, a falta de investimentos nesse setor. Somos um dos destinos mais procurados do Brasil, mas isso porque graças a Deus não falta nada neste Estado, do Sul ao Norte, do Litoral ao Oeste, beleza e natureza não nos falta, mas não podemos deixar somente nas mãos de Deus. Hoje nosso secretário de Turismo é só Deus mesmo.

Schettini: Bombinhas é um exemplo em quais direções no turismo estadual?

Paulinho: Principalmente em preservação da natureza. Temos um município de 20 mil habitantes que recebe cerca de 1,5 milhão de pessoas na temporada, e cuidamos para que a cada ano, nosso turista continue encontrando praias limpas e natureza preservada. A Taxa de Preservação Ambiental foi criada para ajudar nisso, sem ela não conseguiríamos limpar nossas praias em horário diurno e noturno. Além disso, investimos em revitalização de trilhas, sinalização turística e educação ambiental. Outra questão primordial é melhorar a infraestrutura da cidade. Não temos mais problemas de abastecimento de água ou de energia, foram mais de 200 ruas pavimentadas nos últimos 6 anos, vamos também inaugurar uma UPA 24h até o início da próxima temporada.

Schettini: O chamado pedágio que dá acesso às praias de Bombinhas, ganhou qual tamanho de importância?

Paulinho: Não podemos chamar de pedágio, o funcionamento é completamente diferente. O pagamento incide por veículo, vale por 24h e nesse período o veículo pode sair e voltar quantas vezes quiser. Hoje a Taxa de Preservação Ambiental (TPA) é de primordial importância para o município. Como expliquei anteriormente, não conseguiríamos manter a limpeza das praias diariamente sem ela. Os recursos da TPA são utilizados integralmente em preservação ambiental e geridos por um comitê gestor, formado por membros da comunidade e da administração municipal. Em um território como o nosso, onde 72% da área é de preservação permanente, os recursos são muito bem-vindos. Se da receita do município fosse retirado os valores para a preservação de nossa biodiversidade, não teríamos condições de ter a melhor saúde básica de Santa Catarina, para ter um exemplo. Infelizmente, hoje enfrentamos pessoas que por oportunismo, querem derrubar a Taxa, que foi considerada constitucional em fevereiro de 2017 pelo Tribunal de Justiça do Estado.

Schettini: Sua reeleição está nas discussões com as bases do governo. Qual é seu maior desafio?

Paulinho: Sim. O maior desafio é mostrar para a população que não existe nova ou velha política. O que existe é um bom serviço prestado à população, ética, honestidade e vontade de fazer o bem.

Schettini: Diante do eleitor que é levado às falsas notícias das redes sociais, como vencer pelo trabalho?

Paulinho: O segredo é ter dedicação e uma equipe unida e organizada. É preciso querer fazer, correr atrás de recursos e se manter dentro da ética e da responsabilidade fiscal. Somos bons pagadores, mantemos os salários em dia, valorizamos nosso servidor. E o mais importante, temos a certeza de que estamos na política para servir ao cidadão, desenvolver nossa cidade e cuidar de nosso povo.

Schettini: Qual sua visão dos governos Moisés e Bolsonaro nestes primeiros seis meses?

Paulinho: Bolsonaro tem que manter o filho calado. E Moisés, admitir que agora é um político.

Schettini: O que você falaria ao teu cidadão em Bombinhas para que acredite na classe política?

Paulinho: Observe o que o candidato já fez, suas ideias e propostas. Vemos muitas coisas ruins hoje nos noticiários e nas redes sociais, mas é preciso separar o joio do trigo. O cidadão possui muitas ferramentas para fiscalizar o que o político faz, com a adoção de tecnologias para fins de transparência. Com esses recursos, o cidadão pode continuar a fazer política muito depois das eleições, e assim pode acompanhar a atuação dos eleitos. É só participar, se informar e cobrar resultados.

Schettini: Quais os maiores investimentos feitos no município para atrair o turista no próximo verão?

Paulinho: A nossa equipe tem participado de fóruns e feiras na Argentina, Uruguai e Paraguai, e estamos investindo muito nos eventos nacionais, buscando o turista de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e de Santa Catarina também. Novos materiais de divulgação e banco de fotos estão sendo produzidos para vender nosso destino turístico de forma mais profissional. Quanto a nossa cidade, além da hospitalidade, cultura, gastronomia e a beleza exuberante das 39 praias, o turista vai encontrar uma cidade limpa, ordenada, com novas pavimentações, praças, trilhas revitalizadas, segurança, saúde e abastecimento de água e energia garantidas. Um verão com programação divertida e diversificada para todas as idades, cadeira anfíbia e acessibilidade, esportes e lazer para todos. Além disso, duas praias, Quatro Ilhas e Mariscal, estão na fase de finalização de certificação da Bandeira Azul.

Sicoob 2018 - Home
Brasão
Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025