Close Menu

Busque por Palavra Chave

Chape perde 100% em casa na final e é vice-campeã do Catarinense

Por: LÊ NOTÍCIAS
08/04/2018 19:15
Equipe recebeu o troféu de vice-campeã em pleno gramado da Arena Condá (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense) Equipe recebeu o troféu de vice-campeã em pleno gramado da Arena Condá (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

Em jogo único da final do Campeonato Catarinense, o Figueirense foi superior e venceu a Chapecoense por 2 a 0, na Arena Condá, em Chapecó, na tarde deste domingo (08). O placar garantiu o 18º título estadual para o Furacão. O placar foi construído com um gol em cada tempo. No primeiro, Ferrareis acertou um belo chute de longe, contou com a falha de Jandrei e abriu o marcador. Na segunda etapa, Maikon Leite fechou o placar, já no fim da partida. Festa alvinegra na casa do Verdão do Oeste.

Ferrareis abriu o marcador na Arena Condá com uma pintura. Aos 13 minutos do segundo tempo, o meia arriscou um chute de (muito) longe e ainda contou com falha de Jandrei para fazer a rede balançar. Na saída para o intervalo, o camisa 17 falou que sabia que o goleiro da Chape joga adiantado.

De um lado, a experiência e um período no departamento médico. Do outro, a juventude e o ritmo de jogo. Se muitos imaginavam um Figueirense com João Paulo e Maikon Leite, Milton Cruz escolheu Renan Mota e Gustavo Ferrareis para iniciar a final. A opção deu resultado logo aos 13, quando Ferrareis abriu o placar em um belo chute de longe, que contou com o vacilo do goleiro Jandrei. A dupla que começou a partida teve boa atuação e deixou o gramado no segundo tempo.

Acostumado a montar o time com três volantes com maior poder de marcação, Kleina optou por usar Luiz Antonio para melhorar o setor de criação verde e branco. O gol colocou o sistema por água abaixo. O time se desestabilizou e não conseguiu assustar na primeira etapa. O técnico fez duas mudanças no intervalo, saíram Luiz Antonio e Eduardo.

A Chapecoense chegou à decisão com a marca de 100% de aproveitamento na Arena Condá, em nove jogos do Campeonato Catarinense. Quis o destino, que a primeira derrota viesse justamente na partida final.

Destaque da Chapecoense durante a primeira fase do Campeonato Catarinense, Jandrei errou no momento em que não podia. A peça que foi importante para garantir o primeiro lugar na classificação, vacilou em chute de longe de Gustavo Ferrareis, aos 13 do primeiro tempo. O goleiro estava mal posicionado e se perde na curva da finalização do meia do Figueirense. Quando percebe, Jandrei não consegue voltar a tempo de fazer a defesa.

Se de um lado Jandrei falhou, do outro Denis foi decisivo quando acionado. No primeiro tempo defendeu belo chute de Bruno Pacheco. No segundo, salvou finalização de Apodi. Quando não alcançou a bola, contou com o travessão, em cobrança de falta de Canteros.


NADA DE VAR

A grande novidade da final do estadual foi o árbitro de vídeo (VAR). Com custos divididos entre os clubes e a Federação Catarinense de Futebol, foi montado um aparato na Arena Condá, mas o recurso não foi acionado pelo árbitro Bráulio da Silva Machado nenhuma vez nos 90 minutos da decisão.

SEGUE A TEMPORADA

Com o fim do Campeonato Catarinense, Chapecoense e Figueirense miram as atenções para o Brasileiro. Na próxima sexta-feira, o Alvinegro estreia na Série B diante do Juventude. A partida será no estádio Orlando Scarpelli, às 21h30. No domingo, é a vez do Verdão enfrentar o Atlético-PR na primeira rodada da Série A. O jogo às 19h, na Arena da Baixada.


Com informações do Globo Esporte.


Outras Notícias
Sicoob - Home

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025