Close Menu

Busque por Palavra Chave

Alesc - Sua Causa 2

Bolsonaro diz que ficará neutro entre Merisio e Moisés no segundo turno em SC

Por: LÊ NOTÍCIAS
09/10/2018 17:39
Divulgação/LÊ Jair Bolsonaro afirmou que não irá assumir lado na disputa em Santa Catarina Jair Bolsonaro afirmou que não irá assumir lado na disputa em Santa Catarina

O candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta terça-feira (09) que ficará neutro no segundo turno da eleição ao governo de Santa Catarina. Ele falou sobre o assunto na entrevista à Rádio Jovem Pan, durante o programa Pânico. Perguntado sobre os apoios estaduais, descreveu Estado onde escolherá um lado, mas disse que em SC será neutro. “Temos um candidato, um comandante (Moisés) que foi para o segundo turno, mas, respeitosamente, Santa Catarina foi o Estado com a minha maior votação. Se eu assumir um lado, vai cair minha votação. A votação mais importante para nós é para presidente da República”, disse Jair Bolsonaro.

O comandante Moisés (PSL) é do mesmo partido de Bolsonaro, mas Gelson Merisio (PSD) também declarou apoio ao candidato à presidência do PSL, ainda no primeiro turno. Nos debates, os dois ficavam disputando parceria com o capitão da reserva do Exército.

Leia o trecho da entrevista de Jair Bolsonaro

Agora apareceu um monte de gente para te apoiar, o [João] Dória... É verdade que você não quer o apoio de ninguém?

Negativo. Eu quero agradecer a manifestação do Dória, muito obrigado. Quem vota no Dória e votar em mim, fico muito feliz. Não vi nenhuma manifestação do França ainda. O que que eu tenho falado? Eu acho que vocês tem que se preocupar primeiro com a questão para Presidência da República. Não queremos briga de quem apoiar o Dória com o França e quem apoiar o França com o Dória. Com todo respeito ao meu querido Estado de São Paulo, é uma eleição presidencial. Imagine o PT voltando ao poder? Que desgraça. O único Estado que eu pretendo fazer campanha é o de Roraima. Lá nós temos o Denarium, que começou do zero, tive duas idas a Roraima, e ele terminou na frente do candidato lá que seria barbada, ganharia no primeiro turno. Lá, o Jucá não chegou. Roraima é um estado que está dando um grito de independência. Lá eu pretendo apoiar o [Antônio] Denarium, do PSL, é um produtor rural, um cara humilde. Nos demais Estados ficaremos neutros. Inclusive em Santa Catarina, temos um candidato lá, um comandante que foi para o segundo turno, mas, respeitosamente, Santa Catarina foi o Estado com a maior votação e, se eu assumir um lado, eu vou ter problema do outro lado, vai cair minha votação. A eleição mais importante para mim, com toda certeza, é a do presidente da República.


Outras Notícias
Brasão

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plíno Arlindo Nês, 1105, Sala, 202, Centro