Close Menu

Busque por Palavra Chave

Flic - Mobile

NOVA FASE

Freis Alex Ciarnoski e Antônio Mazzucco deixam Paróquia São Luiz Gonzaga após nove anos

Vitória Schettini/LÊ Os freis Alex Ciarnoski e Antônio Mazzuco deixam a cidade após anos de dedicação à Paróquia São Luiz Gonzaga Os freis Alex Ciarnoski e Antônio Mazzuco deixam a cidade após anos de dedicação à Paróquia São Luiz Gonzaga

Por Vitória Schettini

Após nove anos de muito trabalho e experiências em Xaxim, o pároco Alex Cianoski e o frei Antônio Mazzuco deixam a cidade, posteriormente terem sido transferidos à Paróquia Central de Pato Branco (PR). Em entrevista exclusiva ao LÊ NOTÍCIAS, eles contam sobre as experiências, momentos marcantes e amizades que levarão consigo, que foram construídos durantes todos esses anos.

Conforme eles, o frei e pároco Alex Ciarnoski chegou em dezembro de 2009, a fim de acompanhar os trabalhos e a organização paroquial de Xaxim, enquanto que o frei Antônio chegou em 23 janeiro de 2010. Com a chegada, também foram se construindo amizades, momentos de fraternidade e companheirismo com os xaxinenses.

MOMENTOS MARCANTES

Para Alex, o que mais marcou foi a abertura do processo de beatificação de Frei Bruno. “Poder fazer parte e organizar o processo foi muito bom. Organizar os documentos, os registros e depoimentos. Foi algo memorável. Além disso, não poderei esquecer o meu acompanhamento da doença de Frei Afonso, que veio a falecer em agosto de 2017, sua despedida e o momento de sua partida dele. Ele sempre estará em nossos corações”, conta ele.

Nas palavras de Antônio, o que mais o marcou muito foi a Festa de Frei Bruno, em 2012, onde as pessoas se prontificaram em ajudar, de vários setores da sociedade, entre jovens, adultos, meia-idade, no que se tornou uma das maiores festas da comunidade.

NOVA FASE

De acordo com eles, em 2018, receberam a notícia de que seriam transferidos para Pato Branco, no sudoeste do Paraná. “Na cidade, há três paróquias e vamos atuar na central, chamada paróquia São Pedro Apóstolo. Lá, nosso trabalho consistirá em acompanhar a comunidade, a formação das lideranças e acompanhar a vida cristã e sacramental das pessoas. Depois, iremos acompanhar os meios de comunicação, com assuntos relacionados à Igreja e por fim, faremos o trabalho social, com os alcóolatras. Há uma casa de acolhida, que tem a incumbência de acompanhar e ajudar a devolver à sociedade”, conta frei Alex.

Para Antônio, o sentimento em deixar Xaxim é de missão cumprida. “Acredito que é a nossa missão, porque nós já viemos de outros lugares. É doloroso deixar Xaxim, pelos laços de amizade que criamos, são muitos amigos, famílias que conhecemos e que estivemos em momentos de dor e sofrimento, mas também em momentos de alegria. É assim que tem que ser e aceitamos, assim como o povo de lá está nos esperando, como ocorreu em Xaxim há praticamente nove anos”, enfatiza ao LÊ.

BEATIFICAÇÃO DE FREI BRUNO

Em relação à beatificação de Frei Bruno, frei Alex revela que os trabalhos seguirão normalmente. “Eu continuo nomeado para coordenar os trabalhos e a proximidade de Pato Branco com Xaxim facilita meu deslocamento para cá. Os trabalhos continuam coordenados por Xaxim e em março de 2019, iniciaremos o Tribunal de Investigação, acerca do milagre que queremos apresentar. Também temos o planejamento e atividades previstas, para que tudo ocorra como tem que ser”, finaliza o pároco.


Outras Notícias
Brasão
Flic - Sâo Lourenço do Oeste

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025