Close Menu

Busque por Palavra Chave

Alesc - Sua Causa 2

A Arte do Ser | Brincadeiras saudáveis

Por: Xenna Gheno
24/05/2019 10:19

Com a velocidade das transformações tecnológicas e sociais, muitas vezes ficamos perdidos, sem saber quais brincadeiras podem ser saudáveis e tirar um pouco as crianças e adolescentes da alienação do mundo virtual.

“As crianças estão se afastando das brincadeiras de rua, dos jogos coletivos. Temos uma geração que domina muito bem as tecnologias, mas está cada vez mais obesa e com baixo desenvolvimento motor”, afirma Alexandre Franca, sócio da academia Gaff Studio.

Crianças de 0 a 3 anos

Morto-vivo: fortalece músculos e articulações das pernas. Ajuda a ganhar equilíbrio. Brincadeira de roda: as mudanças de direção melhoram a coordenação motora. Estimula a capacidade de compreender comandos simples.

Escorrega: aciona os músculos estabilizadores de tronco e ombros, melhora a coordenação e apercepção do corpo.

Crianças de 4 a 6 anos

Amarelinha: excelente para treinar o equilíbrio dinâmico (mover-se sobre apenas uma perna).

Pique-pega: a movimentação dinâmica (abaixa, pula, corre para todos os lados) melhora o condicionamento cardio-respiratório.

Cabo-de-guerra: trabalha a musculatura de braços e pernas e ensina a usar as articulações para gerar força.

Caça ao tesouro: estimula a agilidade, atenção, concentração, raciocínio lógico, socialização, cooperação e estratégia. Você só precisará de lápis, papel, fitas ou postites coloridos. Demarque uma área da casa ou do quintal, espalhe as pistas dentro da área escolhida para que a criança encontre o tesouro. O grau de dificuldade das pistas dependerá da idade da criança.

Brinquedos de montar: as crianças adquirem maior destreza com as mãos, têm mais atenção, criatividade e alimenta a imaginação.

Crianças de 7 a 12 anos

Queimado: desenvolve a potência e a agilidade da criança. A interação entre os grupos melhora a capacidade de convívio social.

Carrinho de mão: trabalha os músculos abdominais e dos braços, e é ótimo para a coordenação motora.

Taco: trabalha concentração e uma ótima atividade física.

Brinquedos de montar: as crianças adquirem maior destreza com as mãos a atenção, criatividade e a imaginação.

Toda prática de esporte também é uma bela e divertida brincadeira, que crianças a partir dos 6 anos já podem ser estimuladas a brincar de jogar bola, de nadar, correr e saltar... Assim, a musicalização como o esporte pode ser uma brincadeira saudável e trazer inúmeros benefícios para o crescimento da criança. Meditação e yoga também passam a ser brincadeiras poderosas para nossos pequenos, claro que orientados por profissionais da área, para que não aconteça o efeito contrário e a criança se desestimule a praticar esporte, aprender música, entre outros bons hábitos que para eles são brincadeiras. Se no processo não for apresentado a atividade de forma correta pode ser um balde de água fria. Por isso, atenção aos profissionais que ofertam as atividades de aprendizado.

Por fim, a brincadeira com mais benefícios e que abrange uma grande faixa etária de crianças de 7, 8 anos, até jovens de 15, 16, 20 e 30. É o jogo de interpretação ou o famoso RPG, seus benefícios são inúmeros, como: estimula o hábito de leitura, a criatividade; trabalha matemática, história, geografia e português; trabalha a socialização e aumenta a capacidade cognitiva.

Boa diversão saudável a todos


Brasão

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plíno Arlindo Nês, 1105, Sala, 202, Centro