Close Menu

Busque por Palavra Chave

Alesc - Sua Causa 2

Autores de homicídio contra ex-jogador de futebol profissional são condenados a 18 anos de prisão em Cel. Freitas

Por: LÊ NOTÍCIAS
28/06/2019 14:33 - Atualizado em 28/06/2019 14:35
TJSC Salão do Tribunal do Júri permaneceu lotado durante toda a sessão Salão do Tribunal do Júri permaneceu lotado durante toda a sessão

A sessão do júri dessa quinta-feira, 27, no fórum da comarca de Coronel Freitas iniciou às 8h30. A programação começou com o sorteio dos sete jurados que decidiriam o futuro dos acusados pela morte do ex-jogador de futebol Tiago Tonini. A manhã foi dedicada ao interrogatório dos réus Franciano Montagna e Doglas Júnior Locatelli. Tanto a defesa quanto a acusação dispensaram a oitiva de testemunhas no tribunal. No entanto, foram apresentados os vídeos das 12 testemunhas ouvidas durante o processo.

Montagna, acusado de efetuar os disparos, foi condenado a 13 anos de prisão, em regime fechado, pelos crimes de homicídio privilegiado-qualificado, além de porte ilegal de arma de fogo raspada. A sentença de Locatelli foi fixada em cinco anos de reclusão, em regime semiaberto, por homicídio privilegiado. Ambos tiveram o direito de recorrer em liberdade negado. Após a leitura da sentença, o público presente aplaudiu.

A segurança do fórum foi reforçada pela Polícia Militar. Ao todo, nove policiais garantiram o bom andamento dos trabalhos dessa quinta-feira. O acesso ao salão do Tribunal do Júri da comarca foi controlado por senhas distribuídas nos últimos dias. A medida foi necessária devido ao grande número de pessoas interessadas em acompanhar o julgamento. O júri foi presidido pelo juiz da Vara Única, Guilherme Silva Pereima. Na acusação estiveram os promotores de justiça João Paulo de Andrade e Rafaela Vieira Bergmann, com assistência de Everson Merino da Silva. Atuaram na defesa os advogados Miguel Kerbes, Alexandre Santos Correia de Amorim e Carlos Eduardo da Rocha.

Comoção

O salão do Tribunal do Júri de Coronel Freitas permaneceu lotado durante toda a sessão que encerrou às 22h20. Familiares e amigos da vítima usaram camisetas com a foto de Tonini. Faixas pedindo por justiça também foram levadas. Durante os debates, os familiares se emocionaram por várias vezes. No final do julgamento, os pais exclamaram: “A justiça dos homens foi feita”.

O acusado Franciano Montagna, no interrogatório, pediu desculpas à família e disse rezar pela vítima e parentes todos os dias e que, se pudesse, traria Tonini de volta.

Futebol

Tiago Tonini tinha 27 anos e era representante comercial em Francisco Beltrão/PR. No dia do crime estava em Coronel Freitas visitando a família. Foi no município paranaense que encerrou a carreira de jogador de futebol, no Francisco Beltrão FC. A categoria de base do Internacional, de Porto Alegre/RS, revelou o atleta. Pelo clube, foi campeão mundial sub-15. Com 17 anos foi convocado pela Seleção Brasileira da categoria. Tonini também disputou duas edições da copa São Paulo de Juniores, pelo Internacional e pelo Juventude. O jovem ainda exerceu a função de jogador de futebol na Tailândia e na Áustria. No último campeonato municipal em Francisco Beltrão, ele foi campeão pelo Pinheiros Beltronense.

O crime

De acordo com a denúncia apresentada, por volta de 22h do dia 17 de janeiro de 2014, a vítima chegou ao local de uma festa onde estavam vários amigos. Houve desentendimento entre Tiago Tonini e Franciano Montagna por brincadeiras de “mau gosto”. A polícia foi chamada e Tonini deixou o lugar, mas a conversa ofensiva entre os dois continuou por telefone. Montagna logo saiu da festa e se encontrou com Doglas Júnior Locatelli que o levou até onde estava estacionado o carro da vítima, por volta de 3h da manhã do dia 18.

Montagna e Tonini discutiram e o acusado disparou atingindo a vítima com dois tiros nas costas. Já caído, Tonini foi alvejado com mais um tiro no peito. Depois disso, Doglas levou Montagna para casa e seguiu para a residência dos pais. (Autos n. 0000044-27.2014.8.24.0085)


Outras Notícias
Brasão

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plíno Arlindo Nês, 1105, Sala, 202, Centro