Close Menu

Busque por Palavra Chave

Alesc - Sua Causa 2

Na Essência | Meditar para ser feliz

Por: Júnior Chisté
12/08/2019 09:18

A escritora americana Marianne Williamson costuma dizer: “Pensamento é causa, experiência é efeito. Se você não gosta dos efeitos da sua vida, precisa mudar a natureza do seu pensamento.”

E saber que esta prática demorou a ser reconhecida pela comunidade cientifica mundial e hoje é tão salutar quanto a prática de exercícios físicos ou o comportamento alimentar. Estou me referindo à prática milenar da MEDITAÇÃO.

Quer ter uma mente feliz? Praticar a meditação é um dos caminhos mais rápidos e eficazes.

Os últimos estudos realizados especialmente por neurocientistas comprovam que a meditação, quando praticada diariamente por cerca de dez a quinze minutos pode proporcionar:

- Faz com que o cérebro tenha um senso de propósito e algo para focar;

- Estreita o campo da consciência, o que ajuda sua mente a regular e direcionar sua energia;

- Aumenta a autoconsciência e a percepção do que está acontecendo em sua mente;

- Anula pensamentos desagradáveis e revelam um caminho de pensamentos dispersos;

- A meditação faz com que você fique no agora, focado no que você pode mudar;

- Ajuda a definir a distinção entre o mundo interno e o externo;

- Estimula a auto-observação atenta;

- Faz com que você possa ver e cuidar de sua resistência;

Mas se você ainda não possui essa prática, esse hábito, gostaria de lhe dizer por que MEDITAR regularmente é um dos passos edificantes na vida de hoje.

A MEDITAÇÃO é uma forma produtiva de focar a mente e ativar o sistema nervoso parassimpático, aquele que diminui sua frequência cardíaca e acalma sua respiração, trazendo serenidade e tranquilidade. Encontrar formas de se chegar a esse estado de tranquilidade tem sido um propósito em todas as culturas, provavelmente porque ele gera uma sensação de unidade e paz.

Basicamente, para a meditação acalmar seu sistema nervoso simpático e ativar seu sistema nervoso parassimpático, você precisa dos ingredientes a seguir:

A) Respiração lenta, profunda e rítmica, que diminui a frequência cardíaca;

B) Atenção focada em estar totalmente presente, que ativa seu córtex pré-frontal e acalma a amígdala e o sistema nervoso simpático;

C) Um espaço silencioso, para evitar que as distrações interrompam seu foco interno;

D) Uma postura relaxada, que acalma todo o seu corpo e melhora a circulação;

E) Uma atitude de não julgamento, que facilita a auto-observação objetiva dos processos de pensamento das emoções;

F) Rótulos, ou seja, usar palavras para rotular toda e qualquer emoção ou pensamento ou medo que surgir. Esse processo ativa seu lobo frontal esquerdo, que oferece mais emoções positivas;

Como experiência própria, posso lhe garantir que a prática diária de silenciar a própria mente, de não julgar os pensamentos ou tenta-los controlar, vai lhe trazer uma nova e infindável fase em sua vida. Mas como nada ocorre de forma precoce é preciso ter disciplina, saber que a repetição te levará a alcançar resultados promissores. Portanto, a MEDITAÇÃO sim, lhe trará imediatamente a sensação de paz, de tranquilidade e equilíbrio emocional. Porém, você alcançará cada vez mais resultados edificantes quanto mais tempo você conseguir praticar, mais respostas sua mente te dará, mais satisfação você obterá.

A obtenção de novos hábitos em nossa vida e quando estes são benéficos é sinal de sabedoria. Se sabemos que tal ato, que tal movimento em prol de nossa construção, da idealização do ser, nos fará bem, porque não inserir todos os dias? A MEDITAÇÃO, a partir de agora, será pra você como beber água, como se alimentar, como estar ao lado das pessoas que tantas sensações boas te causam.

Há sim inúmeras formas de meditar, lhe sugiro a atenção plena, exatamente a mesma praticada por centenas de anos por monges tibetanos. O que é a atenção plena? Evidente que poderia escrever dezenas de páginas explicando, mas sintetizando, é você prestar atenção no aqui e agora. Manter, por exemplo, a atenção em sua inspiração e expiração, ouvir o som que sai toda vez que você expulsa o ar de seus pulmões. Ouvir os sons, apanhar um objeto, uma fruta, e focar em todos os seus detalhes, sua textura, seu cheiro, sua cor...

Passamos pela vida sem ao menos percebermos a vida ao nosso redor. A MEDITAÇÃO através da atenção plena vai direcionar você não somente a um novo comportamento que será basicamente adquirido com a prática diária, mas essencialmente fará com que você mude até seus objetivos, mude sua opinião diante de momentos que até então você pré-julgava como perda de tempo. Perceberá a vida como um todo e não somente em fagulhas. Mas faça, tenha essa atitude a partir de agora!


Brasão

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plíno Arlindo Nês, 1105, Sala, 202, Centro