Close Menu

Busque por Palavra Chave

Alesc - Sua Causa 2

EDUCAÇÃO

Bolsonaro nomeia terceiro colocado em eleição de reitor e gera indignação em estudantes da UFFS

Marcelo Recktenvald, alinhado ideologicamente com Bolsonaro, recebeu apenas 21,4 dos votos em eleição realizada na UFFS
Por: LÊ NOTÍCIAS
30/08/2019 14:55 - Atualizado em 30/08/2019 15:07
Reprodução/Facebook Recebendo 21,4% dos votos, Recktenvald ficou em 3° na eleição e foi nomeado pelo presidente Bolsonaro Recebendo 21,4% dos votos, Recktenvald ficou em 3° na eleição e foi nomeado pelo presidente Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), em decreto publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (29), nomeou o professor Marcelo Recktenvald, de Chapecó, como reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul.

A nomeação de Marcelo Recktenvald, alinhado ideologicamente com Bolsonaro, gerou enorme inconformismo entre a comunidade acadêmica que, em 28 de maio deste ano, elegeu o professor Anderson Alves Ribeiro, de Erechim, em votação no segundo turno, com 54,1% dos votos, derrotando Antônio Inácio Andrioli, que recebeu 45,9%. Na eleição, os votos são divididos em quatro setores, sendo 25% para cada grupo, envolvendo estudantes, técnicos, professores e comunidade externa.

Acontece que Marcelo Recktenvald, nomeado pelo presidente Bolsonaro, havia ficado em terceiro lugar na eleição de primeiro turno, com 21,4% dos votos, realizada em 28 de abril. “Estamos indignados como estudante, pois não estão respeitando o resultado de uma eleição que foi democrática e teve uma chapa vencedora”, lamentou o estudante de Filosofia, Derique Hohn.

Descontente com a decisão do presidente Bolsonaro, os acadêmicos estão se mobilizando para realizar um protesto na sede da Reitoria da UFFS, no Centro de Chapecó, nesta sexta-feira (30). “Com esse ato do presidente, acaba com a democracia dentro da universidade, tendo em vista que não foi respeitado o resultado da chapa vencedora”, comentou o acadêmico Derique, lembrando que haverá uma assembleia geral do Estudantes, no campus da UFFS em Chapecó, a partir das 19h desta sexta-feira.

LEI

Embora o presidente Bolsonaro cumpre o que diz o art. 16, caput, inciso I, da Lei 5.540/1968, que dá poderes ao chefe do Executivo para nomear o reitor que estiver na lista tríplice, a escolha presidencial não respeita o resultado das eleições realizadas na UFFS, indignando os acadêmicos que buscaram uma votação democrática.

QUEM É O NOVO REITOR?

Recktenvald é cristão, conservador, defensor da família e pastor da Igreja Batista. Professor efetivo da UFFS em Chapecó, Recktenvald e o professor de Erechim (RS), Gismael Francisco Perin, vice-reitor, tomarão posse na quarta-feira (04), em Brasília.


Outras Notícias
Brasão

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plíno Arlindo Nês, 1105, Sala, 202, Centro