Close Menu

Busque por Palavra Chave

Prefeitura de Palhoça

Programa Lixo Zero completa um ano de conquistas em Chapecó

Por: LÊ NOTÍCIAS
12/02/2020 11:21 - Atualizado em 12/02/2020 11:22
Prefeitura de Chapecó Iniciativa da Prefeitura teve envolvimento coletivo, novos investimentos e centenas de ações de conscientização da sociedade Iniciativa da Prefeitura teve envolvimento coletivo, novos investimentos e centenas de ações de conscientização da sociedade

O lixo é um problema global, e a solução está na atitude de cada indivíduo. Chapecó viu que era necessário enfrentar o desafio. Primeiro, de reduzir a produção e a destinação dos resíduos para aterros sanitários. Segundo, mudar hábitos e atitudes com a separação e destinação adequada. E, terceiro, fazer com que os recicláveis chegassem com melhor qualidade às 15 Associações de Catadores. O Programa Lixo Zero Chapecó comemora um ano nesta quarta-feira (12). Foram 12 meses de trabalho, envolvimento coletivo, novos investimentos e centenas de ações de conscientização e provocação da sociedade.

A Prefeitura de Chapecó apostou no conceito Lixo Zero. O Programa foi apresentado à sociedade em 12 de fevereiro de 2019 na presença de 400 lideranças de todos os setores econômicos e produtivos. Neste ato, além de conduzir a cidade para um processo de transformação do lixo ao mínimo possível em 10 anos, a própria Prefeitura se comprometeu de transformar seus colaboradores em cidadãos propulsores da metodologia, a começar pelos prédios da Administração Pública. Por exemplo, todo o resíduo orgânico produzido na Sede, onde fica o Gabinete do Prefeito, são compostados no pátio, num Espaço Pedagógico de Compostagem.

Pela cidade, o Grupo Interinstitucional para a Gestão dos Resíduos Sólidos de Chapecó (GIRS), criado após a implantação do Programa, acompanha de perto as atividades Lixo Zero em Chapecó. “A responsabilidade desse trabalho é de todos. Buscamos uma transformação para gerar economia e cidadania. Já temos muitos bons exemplos em Chapecó, as pessoas estão participando, e nós estamos mostrando os caminhos”, explicou o prefeito Luciano Buligon.

O Lixo Zero é um conceito de vida, urbano e rural, no qual o indivíduo se torna mais consciente dos caminhos e finalidades de seus resíduos antes de descartá-los. Por isso, para alcançar as metas, que são arrojadas, foi necessário fortalecer a conscientização. “Temos que acabar com a ideia de que resíduos são sujos. Não descartar no lixo comum ou misturar materiais que poderiam ser reciclados. Diversos objetos e materiais podem ser reutilizados de várias maneiras antes de serem encaminhados para a reciclagem. Gerar o mínimo possível de lixo. Ter em mente que é preciso reduzir. Levar sacolas ecológicas às compras em supermercados para evitar sacos plásticos é um exemplo simples de como reduzir”, destacou a coordenadora do Programa, Vanusa Maggioni Cella.

RESULTADOS EM NÚMEROS

Precisamos avançar muito ainda, mas os resultados alcançados em um ano de Programa devem ser valorizados. Milhares de chapecoenses abraçaram a causa, cooperaram, compreenderam o valor que os resíduos têm e passaram a pensar e agir praticando os 5 R’s da Sustentabilidade (Repensar, Recusar, Reduzir, Reaproveitar e Reciclar). Toda e qualquer ação Lixo Zero, em casa, no escritório, na empresa, na escola, na Universidade contribuiu para esses números:

  • Mais dignidade: aumento de 33% na qualidade dos materiais que chegam às Associações. Os resíduos passaram a chegar mais limpos, menos misturados;
  • Crescimento de 230% na procura pelos Ecopontos para o descarte correto de resíduos volumosos;
  • Redução do rejeito, demonstrando consciência na hora de consumir, de descartar, e também o aumento da compostagem de orgânicos;
  • R$ 700 mil deixaram de ir para o aterro sanitário e passaram a agregar renda aos catadores;
  • Semana Lixo Zero, em outubro, envolveu 32.800 pessoas, de 77 instituições públicas e privadas, em 184 atividades.

INVESTIMENTOS

Chapecó produz 4.854 toneladas de resíduos por mês e recicla 565, minimizando o colapso do aterro sanitário e a agressão ao meio ambiente. Além da coleta normal, a Prefeitura investiu na implantação de caixas receptoras para o recebimento de resíduos volumosos, conhecidas como Ecoponto. É uma ação do Município que visa auxiliar os moradores no descarte adequado dos resíduos maiores, e específicos, como eletrodomésticos, eletroeletrônicos, móveis, vidros e restos de podas. Os Ecopontos estão localizados na Secretaria de Infraestrutura Urbana, próximo à UPA, e na Superintendência da Efapi.

Foi ampliada a coleta seletiva nos bairros e instalados 380 contêineres laranja para o descarte de materiais recicláveis. Os novos equipamentos foram instalados na região central, que abrange o centro e parte dos bairros Presidente Médici, Palmital, Maria Goretti, Santa Maria, Lider e Jardim Itália.

SEMANA LIXO ZERO

A Semana Lixo Zero Chapecó, realizada de 20 a 27 de outubro, reuniu ações de mobilização, compartilhamento de informações e provocação da sociedade. O objetivo maior foi incentivar o cidadão, para que de forma consciente e unindo esforços, criasse o hábito de praticar os princípios Lixo Zero, visando uma Chapecó cada vez mais limpa e sustentável. Ao todo, 77 instituições públicas e privadas inscreveram e realizaram suas iniciativas, compreendendo 184 atividades. Foram quantificadas 32.800 pessoas envolvidas diretamente com alguma ação Lixo Zero. “Os resultados mostram que as pessoas entenderam que o Programa Lixo Zero Chapecó é uma política da cidade, e não de um governo”, avaliou o prefeito Luciano Buligon.


Outras Notícias
Vederti Mobile
Sicoob Mobile
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plíno Arlindo Nês, 1105, Sala, 202, Centro