Close Menu

Busque por Palavra Chave

Alesc - Sua Causa 2

“Sou feliz por deixar os outros felizes”, destaca a vereadora Lula Fonini

Por: Janquieli Ceruti
15/03/2017 09:46 - Atualizado em 15/03/2017 09:47
Lula Fonini destacou à repórter Janquieli Ceruti a dedicação em prol da comunidade  (Foto: Felipe Giachini/LÊ) Lula Fonini destacou à repórter Janquieli Ceruti a dedicação em prol da comunidade (Foto: Felipe Giachini/LÊ)

Com Maria de Lourdes Fonini

Maria de Lourdes Fonini, a Lula, vive o primeiro mandato como vereadora em Xaxim. Candidata mais votada na última eleição, Lula recebeu 1.596 votos e impressionou até mesmo o Estado. Nascida em Guaporé/RS e munícipe de Xaxim há 33 anos, Lula é casada com o médico e ex-prefeito do município, Cezar Gastão Fonini, há 42 anos e com ele teve três filhos: Cemar, Karine e Karen, que deram-lhe dois netos. Fruto de uma família de onze irmãos, a filha de um agricultor e de uma dona de casa, Lula nunca esqueceu a origem e é conhecida pela humildade e doação à comunidade. Com orgulho, ela destaca que assume funções do lar, de esposa, profissional – ao lado do marido Cezar durante as cirurgias – e também de liderança política pelo PSB.


LÊ NOTÍCIAS: A senhora iniciou a trajetória política ao lado do ex-prefeito Cezar. Ele a incentivou a entrar na vida pública?

Lula Fonini: Sim, meu esposo é um dos meus maiores incentivadores e foi depois que ele se lançou vereador que meu interesse pela política aumentou. Além disto, as duas experiências como primeira-dama me aproximaram ainda mais da comunidade e de seus anseios. Comecei a acompanhar o Cezar e sempre estive ao lado dele com meu jeitinho tímido, humilde, mas batalhador. Nós sempre fomos muito unidos e essa parceria com a família é decisiva para que eu tivesse a força que tenho hoje. Minha família sempre me incentivou e o Cezar quer sempre me ver lá em cima. Já fui, inclusive, cogitada para ser candidata à prefeita, mas acredito que é demais, pois tenho muito a aprender. Dei o primeiro passo como vereadora e me candidatei pelo povo, afinal foi o povo que pediu, pela confiança que sempre demonstrei, para que eu pudesse fazer um pouquinho mais por Xaxim.


LÊ: O que já pôde ser feito nestes três primeiros meses de mandato?

Lula: Acredito que, pela situação que estamos passando, o trabalho vai ser bem devagar no começo, mas temos de acreditar na melhora. Estou fazendo minha parte e onde busquei os votos, seja na cidade ou interior, estou revendo meus eleitores, que estão muito felizes com o que venho fazendo. Vou conferir as necessidades deles e de toda a comunidade para tentar atendê-los da melhor maneira e ouvir um “obrigado pela visita”, “precisamos de você”, pois receber esse carinho das pessoas é muito gratificante. Até agora, o que pedi foram coisas simples, como pontos para idosos em frente de laboratórios, melhorias na Saúde, na iluminação pública, em sinalização e em estradas do interior. São coisas simples e que não são difíceis de serem atendidas. O melhor de tudo é que eu sinto que aonde vou eu sou bem atendida e tudo o que Faço é com carinho e com amor. Não faço para mim, faço para meu povo.

LÊ: Somos conhecedores de sua doação à Rede Feminina de Combate ao Câncer de Xaxim. Como nasceu e de que forma é mantida esta parceria?

Lula: A Rede iniciou na minha casa e ficou por quatro anos até conseguir um local próprio. Eu e o Cezar cedemos o consultório e começamos a formar uma equipe. Tive câncer de colo de útero e prometi que faria o máximo para dar a importância que a Rede merece. Consegui me tratar e prometi para mim mesma que seria muito fiel à Rede. Doei-me a ela e desde então estou presente como voluntária. Agora estou também feliz por ter conseguido uma enfermeira para a Rede, que desde o fim do ano passado estava sem. Conversei com o prefeito Lírio e sua equipe de governo e, dentro do possível, fui prontamente atendida. Sem a profissional, as demandas da Rede estavam se acumulando e as mulheres voltavam para casa sem atendimento.


LÊ: As mulheres conquistaram respeito num ambiente predominantemente ocupado por homens como é a política?

Lula: Nós temos uma porcentagem a ser ocupada, mas ainda existe falta de mulheres interessadas, seja porque elas mesmas não acreditam no próprio potencial ou porque são frequentemente desestimuladas pelos homens. Como líder política, sempre procurei fazer minha parte e mostrar minha determinação. Peço para que as mulheres não se sintam inferiorizadas, pois elas são tão ou mais capazes. O que vale é ser persistente, acreditar e ter vontade. Para mim nada é difícil, pois faço com amor. Digo que sou feliz por deixar os outros felizes. Sempre carrego a humildade e penso que temos de ser simples mesmo no meio político. Não se trata do que vestimos e sim do que a gente tem para oferecer aos outros.


LÊ: Como será Xaxim em dez anos?

Lula: Se depender de mim, Xaxim só vai brilhar. A gente quer que nossa cidade cresça. Acho que cada governo que passar por nosso Xaxim vai fazer sua parte. Teremos um futuro brilhante em todas as áreas. Meu esposo deixou o exemplo; trouxe empresas e investiu num projeto de continuidade, agora basta aos novos segui-lo. Falo disto com humildade, pois meu marido também é um homem humilde e que se importa com seu município tanto quanto eu. A política que o PSB prega é justamente de trabalhar pela continuidade, com projetos não somente para 10 anos, mas para 20. Queremos que cada governo que passar pense para o amanhã e que os projetos se estendam até atingir a magnitude que merecem.


Outras Notícias
Brasão

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plíno Arlindo Nês, 1105, Sala, 202, Centro