Close Menu

Busque por Palavra Chave

Moro e o Telegram; Fernando Krelling no páreo; Rodrigo Fachini e Kim Kataguiri em Joinville

Por: Weliton G. Lins
12/06/2019 11:53
Tamanho da fonte: A A

Kim em Joinville

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM/SP) estará em Joinville amanhã, onde irá participar da reunião extraordinária da Comissão de Finanças da Câmara de Vereadores. Em pauta, o principal assunto do momento, Licenciamento Ambiental. O democrata é relator do projeto que propõe a Lei Geral do Licenciamento Ambiental em todo o Brasil, que tramita na Câmara dos Deputados.

Articulação

A articulação para a vinda do deputado federal partiu do vereador Rodrigo Fachini (MDB). Rodrigo articulou junto com o deputado federal Carlos Chiodini (MDB) a vinda do parlamentar paulista. Depois do convite feito em Brasília, Kim prontamente aceitou, se dispondo a vir a capital da dança, debater o assunto. Seja bem-vindo, deputado.

No páreo

O deputado estadual Fernando Krelling (MDB) está no páreo pela Prefeitura de Joinville. Liguei para o deputado, que gentilmente me atendeu, e perguntado sobre o processo eleitoral do ano que vem em sua cidade, o parlamentar afirmou que encara a possibilidade como oportunidade, mas não é sua obsessão, disputar a Prefeitura de Joinville.

No páreo II

O emedebista afirmou estar tranquilo em relação a tudo que se comenta, sobre as eleições do ano que vem. Focado no trabalho que vem fazendo na Assembleia Legislativa, Fernando segue sereno e tranquilo, esperando o tempo certo de tudo acontecer.

Sucesso

Perguntado sobre o processo cirúrgico ao qual foi submetido, o parlamentar disse que a cirurgia foi um sucesso. Está se recuperando em sua casa e, mesmo assim, não deixa de acompanhar os trabalhos dos colegas deputados. Quando me atendeu, o emedebista relatou estar sentado, em frente ao computador, assistindo a sessão da Assembleia Legislativa. Em 15, no máximo 20 dias, estará na ativa novamente.

Moro e o Telegram

O Telegram sempre foi considerado um dos aplicativos de mensagens mais seguros da internet. A rede social, que sempre ficou atrás do famoso WhatsApp, voltou a ser lembrada na última semana, por conta de uma situação envolvendo o ex-juiz, ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Moro e o Telegram II

Conversas do ministro, datadas de dois anos atrás, vieram à tona depois que um hacker conseguiu ter acesso à privacidade do ex-juiz. O ministro teve conversas vazadas, entre ele e o procurador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. Conversas que incendiaram as militâncias de direita e, principalmente, da esquerda.

Moro e o Telegram III

A verdade é que, tudo deverá ser esclarecido, pelos órgãos competentes. Qualquer afirmação, antes disso, é desnecessário, mediante a gravidade da situação.


Sicoob 2018 - Home
Brasão
Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025