Close Menu

Busque por Palavra Chave

A Arte do Ser | Idiocracia

Por: Xenna Gheno
10/05/2019 11:55
Tamanho da fonte: A A

Em 2006, o ator Luke Wilson protagoniza um personagem em um filme ruim para péssimo, onde seu personagem acorda em um futuro após uma experiência de congelamento. Você deve estar se perguntando o que a coluna Arte Do Ser tem a ver com isso. Bem, a explicação é que esse roteiro esdrúxulo parece relatar muito o Brasil dos dias de hoje.

A americanização do senso comum e o culto ao ódio e violência estão mostrando um cenário que criminaliza a arte e a educação e enaltece as armas e o desmatamento. Cada dia estamos criando heróis da idiotice e amando os xingamentos chulos e isso é preocupante. Cada vez mais o apelo popular por álcool em excesso, tiroteios como diversão, barulho e palavrões está olhando para ambientalistas, professores e filantropos como inimigos e o resultado não será nada bom.

Apesar de quando um não quer dois não briga, pela limitação humana, estão levando a rotular todas as pessoas como inimigas ou aliadas, levando todo diálogo a um tom de batalha leviana e infernal que afoga as importantes pautas para afagar vitórias tolas da idiotice, que cada vez mais persegue e destrói pautas ambientais, justiça social e desenvolvimento humano. Estamos vivendo a idiocracia e ninguém está achando ruim. Bem pelo contrário, a idiotice parece nos cair bem.

Sinto muito pelo desenvolvimento humano e social que tenhamos chegado a esse ponto, onde a cultura América tão satirizada por Homer Simpson e vários filmes como o citado onde a idiotice e ignorância são aplaudidas acompanhadas de uma arrogância típica. Isso está acontecendo agora, aqui, idiotas arrogantes buscando inimigos para odiar, a todo instante.

Torço que seja passageira essa onda e que a clareza venha junto a uma cultura de paz onde aceitarmos com compaixão que somos irmão e dependentes desse planeta, da água, do ar e da natureza. Que ao sair dessa onda consigamos ser mais maduros e buscar soluções para os problemas sem nos odiar ou nos culpar o tempo todo.

Continuo otimista acreditando no amor e com esperança de esperançar, não de esperar, continue abitando o coração dos justos. Sejam fortes e valentes em frente a tentação de odiar. Transcenda o senso comum que está nos jogando uns contra outros. O amor é único caminho possível.


Sicoob 2018 - Home
Brasão
Alesc - 1

Avenida Plínio Arlindo De Nês, 1105, Sala 202 - Centro
Xaxim - Santa Catarina
CEP: 89825-000
redacao@lenoticias.com.br
(49) 3353-5210
(49) 99997-9025