Lê Notícias - Cifra Econômica- Cifra Econômica | Sem Minha Casa Minha Vida: Construtoras adotam cautela para 2024
Close Menu

Busque por Palavra Chave

Cifra Econômica | Sem Minha Casa Minha Vida: Construtoras adotam cautela para 2024

Por: Daniel Ribeiro
22/11/2023 12:51
Tamanho da fonte: A A

Enfrentando um Mercado Desafiador

Quando o novo Minha Casa Minha Vida foi anunciado, as construtoras focadas na baixa renda celebraram. O programa veio mais robusto e atraente para o público. Por outro lado, as empresas com foco na média e alta renda se viram em um mercado em retração, enfrentando juros altos e dificuldades de crédito.

Estratégias em Jogo

A Cyrela, por exemplo, mesmo com bons resultados no 3T23, reconheceu a dureza do mercado. “Está difícil, mas vamos continuar apostando”, disseram, optando por não entrar no segmento de baixa renda. #DeterminaçãoCyrela

Redefinindo Lançamentos

A Eztec tomou a decisão de adiar lançamentos, focando na redução do estoque. “Dado o cenário econômico incerto, nossa postura é cautelosa, especialmente sobre juros e crédito ao consumidor”, declarou a empresa. #EstratégiaEztec

A velocidade de venda é uma prioridade. “Escolheremos a dedo os lançamentos. Só vamos lançar empreendimentos com alta velocidade de venda”, ressaltou um executivo, sublinhando a cautela do setor. #EscolhasEstratégicas

Para Frente, com Criatividade e Cautela

O ano de 2024 desafia as construtoras a serem criativas para superar a ausência, tanto do que esperada que seria o programa Minha Casa Minha Vida, como a população de média renda que sem perceber está perdendo poder aquisitivo mês a mês, por isso falamos da necessidade de aumentar as vendas em 30% para manter a rentabilidade. #Desafio2024


Governo de SC
Prefeitura de Chapecó
Semasa Itajaí
PALHOÇA
Câmara Floripa
Unochapecó
Prefeitura Floripa Junho
Publicações Legais

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro