Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma
Peste Suína Setembro
Beira-Mar Casan

Editorial | O voo da galinha covarde

Por: Editorial
11/09/2021 16:20
Alan Santos/PR

Que o país está no lodo, todos sabem. Até mesmo os seguidores do pseudo presidente. A inflação sobe, as reservas do país queimam nas bolsas de valores do mundo, as relações internacionais estão destruídas, o preço dos alimentos faz milhões de brasileiros, perto de 20 milhões deles, terem apenas uma refeição por dia e, mais que isso, de péssima qualidade.

O desemprego alcançou o recorde histórico pela responsabilidade dele, exclusivamente. Tem a questão da pandemia, mas tem muito mais de sua responsabilidade por negar a doença, não apostar na vacinação, inclusive não incentivou ou tomou para dar exemplo de estadista como fez todos, absolutamente todos os presidentes e primeiros-ministros mundo afora.

Fala apenas da patética reeleição sendo que, nesta mesma, não fez absolutamente nada. Não tem uma só nota de respeito aos mortos, fala apenas para sua bolha, trata todos com desrespeito, agride jornalistas, manda todos calarem a boca, é um ogro.

Seus filhos são corruptos, envolvidos em todo tipo de meleca pública com uso abusivo do dinheiro do cidadão, um coletivo de animais. Na verdade, ele e sua família são da mesma espécie e agem como animais.

Mente diariamente, fala grosserias, coloca informações falsas em uma usina de mentiras e enganos que só pode fazer dele e seus filhos, representantes do submundo. Na sua história não tem nada de glorioso e o eleitor, aos poucos, viu que ele é esta farsa horrorosa. Péssimo militar, péssimo político, péssimo presidente, um arruaceiro, um erro humano.

Insuflou seu gado a invadir as ruas de Brasília e São Paulo para atacar as instituições democráticas que estão respondendo com altivez seus desmandos, corrupções, investigações da gang que assaltou a democracia brasileira.

O Supremo Tribunal Federal está corretíssimo em frear sua insanidade. Justamente por isso foi que quis golpe, mas não teve sucesso e colocou o rabo entre as pernas.

Um psicopata, desumano, monstro declarado, é só uma galinha medrosa e desprotegida. Tem sua célula de zumbis, mas não passa disso. Tremeu quando viu que, ao incentivar a paralisação, produto de seus doentios seguidores, tão loucos quanto seu patrão no Palácio do Planalto, colocou em xeque a economia do país.

Já faltava combustíveis e alimentos, caiu a bolsa de valores e deixou explodir o dólar com sua insanidade e doença mental.

A galinha tremeu porque é um covarde que fala escondido. Não tem força, é um pigmeu doente e frágil. Ele não vai parar de atacar porque é de sua índole suja, uma colher de pus que sai da ferida de sua inconsequência.

Vai querer voar de novo, mas a galinha que é, sobe ali e cai lá.


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro