Close Menu

Busque por Palavra Chave

Entrevista | Foi um gesto ao amigo Mauro, à Alesc e ao MDB, diz Nadal após assumir o Governo do Estado

Por: Marcos Schettini
23/11/2021 11:56
Tamanho da fonte: A A
Ricardo Wolffenbüttel/Secom

Deputado respeitado e atuante na Assembleia Legislativa, Mauro de Nadal preside os trabalhos do Parlamento catarinense com muita discrição, competência e altivez. Recentemente, assumiu interinamente o cargo de governador de Santa Catarina com a viagem de Carlos Moisés à Escócia e de Daniela Reinehr ao Emirados Árabes Unidos, num importante gesto político do Executivo ao Legislativo, mostrando equilíbrio e diálogo pleno entre os Poderes.

Feliz com a experiência vivida, o presidente da Alesc concedeu entrevista exclusiva ao jornalista Marcos Schettini e falou deste momento pelo qual está passando a política catarinense, com uma extraordinária sintonia entre o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa. Ainda, comentou sobre o acordo que entregará o comando da Mesa para Moacir Sopelsa, expressou sua visão sobre a realidade do MDB estadual e disse que deve disputar a reeleição em 2022. Confira:


Marcos Schettini: O senhor assumiu o governo com a saída de Moisés ao exterior. O que isso quer lhe dizer?

Mauro de Nadal: Significa um grande gesto do governador e da vice-governadora para com o Parlamento catarinense. Expressa uma relação de confiança e amizade.

Schettini: O MDB recebeu um gesto ou foi a Alesc?

Nadal: No meu entender esse gesto é muito abrangente. Gesto à Alesc, ao MDB, ao Extremo Oeste catarinense e também ao amigo Mauro de Nadal.


Schettini: O que o MDB quer de fato?

Nadal: O MDB quer o melhor para Santa Catarina. O catarinense espera isso do MDB porque além de ser o maior partido, também é muito participativo na vida do nosso Estado.

Schettini: O senhor defende o quê? Em particular, o que quer construir?

Nadal: Quero construir um projeto que de continuidade a tudo que está dando certo projetando nosso Estado para os próximos 30 anos. Fazendo ajustes, desburocratizando e humanizando cada vez mais as atividades fins e a relação governo com população.


Schettini: Se o governador disputar a reeleição fora do MDB, qual é sua posição real?

Nadal: Um quadro a ser analisado no momento oportuno.

Mauro de Nadal, como governador interino, sendo recebido com festa em Cunha Porã, cidade que governou por dois mandatos consecutivos (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/ Secom)

Schettini: A bancada estadual fala em direção contrária à federal. O que divide?

Nadal: Muito natural existir essas discordâncias. Afinal, o modelo político brasileiro permite que tanto lá quanto aqui possamos ter sintonias diferentes. Mas importante salientar que tanto na esfera federal quanto estadual, o MDB sempre tem se pautado no que é melhor para ambos.


Schettini: O senhor vai dividir o mandato da Mesa com o deputado Moacir Sopelsa. É gesto ou estratégia?

Nadal: Construímos dois anos de Presidência. O acordo interno deverá passar pelo referendo da Casa. O gesto é uma relação de unidade partidária e amizade.


Schettini: Defina Lula da Silva, Ciro Gomes, Jair Bolsonaro, Moro e Doria...

Nadal: Bem que poderíamos ter mais um nome entre eles. Aguardo imensamente.


Schettini: Qual é seu futuro?

Nadal: Se a região a qual represento estiver comigo na caminhada e me apoiando, serei candidato a deputado estadual novamente.


Schettini: Qual avaliação o senhor faz dos dois processos de impeachment e da Alesc até este momento?

Nadal: Um grande aprendizado para todos nós. Um amadurecimento político.


Schettini: Quais as votações polêmicas que a Casa vivenciou para mostrar independência?

Nadal: Em todas matérias a Casa mostrou independência. Polêmicos tivemos vários, porém o bom entendimento deu resultados positivos e avanços para Santa Catarina. Destaco a Reforma da Previdência e seus desdobramentos como o mais polêmico e necessário.


Alesc - Outubro
Floripa - Um novo amanhã
Essenciais de Verão
Rech
Publicações Legais

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro