Close Menu

Busque por Palavra Chave

PSDB com Doria; O cenário modificado em SC; Lummertz e Bauer retornam; Terceira Via sai de SP, Admirável gado novo

Por: Marcos Schettini
27/11/2021 10:40
Tamanho da fonte: A A
Governo do Estado de São Paulo

A introdução de João Doria

Ao penetrar profundo no jogo sucessório, o governador de SP modifica todo tabuleiro da eleição presidencial. Vai sair para atrair grandes quadros para fortalecer seu alcance e fazer o PSDB ganhar protagonismo. Geraldo Alckmin já é vice de Lula da Silva, Ciro Gomes e o fraudulento Sergio Moro vão tomar o xá das 22, antigo 17. Um vai novamente para Paris e o outro para os EUA. Se for levar em consideração esta possibilidade, dão ao ex-presidiário-presidente a chance de chegar novamente ao Palácio do Planalto. Eles devem anunciar apoio ao marido da Bia e alterar o resultado pró PT. O inquilino do Palácio dos Bandeirantes é um Lewis Hamilton que, em Interlagos, saiu em último e chegou em primeiro. Um empresário vencedor e sem corrupção, veloz e bom de debate. Único para modificar o chorume de 2018, depois do resultado de hoje à noite, começa o 2º turno.


ACABOU

Hoje, definitivamente, o calvário do PSDB deverá chegar ao fim. Perdendo para si mesmo nos escorregões que patrocina, vai escolher o seu candidato a presidente desta patética nação de bananas onde tudo é permitido, inclusive. Doria deverá fazer acima de 60%.


RESULTADO

Com a definição do nome paulista para liderar o debate sucessório, tudo muda. Ciro Gomes derrapa no sonho em ter o gremista, da 2ª divisão, como vice e, de quebra, Marilyn Monroe de Curitiba, currada por bolsonaristas em um coito com Deltan Dallagnol, vai para o legista.


Legista

Sobre a mesa, vão dissecar o corpo currado. As marcas mostram que Marilyn Monroe cantou no aniversário do presidente e, bem antes disso, entrou em seu quarto, noites incontáveis, para um coito, cuja manipulação, foi gozar sobre a Constituição nos idos 2015 em diante.


PODEMOS

O corpo legista tem documentos que provam que Marilyn Monroe se masturbou sobre a Constituição diante de um egrégio supra, acuado pelos tempos em que mudou tudo de 2015 em diante. Podem provar que ela, depois da satisfação plena, foi violentada dentro do ministério da Justiça.


ENTÃO

A masturbação sobre a Constituição, aplaudida, vestiu Marilyn Monroe de Supergirl sobrevoando nos céus do Brasil onde ria, loucamente, sob a fantasia de sua força sobre um STF covarde, acuado pela multidão alucinada. Sabe-se ser o mesmo gado dividido no pasto deste latifúndio.


PASTO

Marilyn Monroe é o cadáver preferido do ex-patrão. Saiu do Ministério da Justiça porque queria mesmo era o STF. Arrancaram sua fantasia de Supergirl e introduziram, profunda e violentamente em seus orifícios, que murchou aquele boneco das manifestações. Saiu do grupo, mas gostando, ficou por ali mesmo.


ELES

Doria vencendo hoje, arranca o tapete de Marilyn Monroe e muda o cenário em SC. O Diabo Loiro sai do PSDB, entra em cena Vinicius Lummertz e Paulo Bauer, não necessariamente nesta ordem, para disputar a eleição. O jogo começa e a 3ª via chega forte com cara de vitória.


EXTERNA

Marilyn Monroe sabe que Doria anda de calça apertada e tem um volume enorme a mostrar no processo de 2022. Não é à toa que o ex-do-ex da Vara de Curitiba quer medir o tamanho e aposta, tudo inclusive, na introdução de Eduardo Leite. Sabe que o rapaz é passivo no jogo e quer mesmo sentar no colo de Ciro Gomes.


VARAS

Entre ter Doria e Eduardo Leite, Marilyn Monroe fica com a Vara do gaúcho. Não tem medo de sofrer abuso no jogo sucessório. A métrica do governador de SP, grande, salta forte rumo ao 2º turno. O bambu do paulista assusta o gremista, mas faz o coxa-branca tremer. Impressionante.



SP Convention
Essenciais de Verão
Rech
Publicações Legais

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro