Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

Palhoça tem maior volume de chuva dos últimos 14 anos

Prefeitura de Palhoça Município decretou situação de emergência Município decretou situação de emergência

Equipes da Prefeitura de Palhoça estão nas ruas desde a madrugada desta terça-feira (12) para ajudar a população a enfrentar as dificuldades provocadas pela chuva intensa e permanente registrada no município desde o dia 08, agravada a partir desta segunda-feira (11). A Coordenação Municipal da Defesa Civil avalia que foi registrado o maior volume de chuva dos últimos 14 anos no município.

Os estragos provocados pela enxurrada levaram o prefeito Eduardo Freccia a decretar situação de emergência em Palhoça. “Apesar do trabalho constante de limpeza no sistema de drenagem, rios e valas do município, nossa cidade está ao nível do mar, o que, diante de um volume tão grande de chuva, nos faz ser mais castigados por alagamentos”, diz o prefeito Eduardo.

Em 24 horas, o volume de chuva registrado em Palhoça foi de 210 milímetros (mm). O máximo esperado para outubro era de 60mm, ou seja, choveu mais do que o triplo do volume estimado para o mês inteiro.

Essa quantidade de água tem o potencial para provocar estragos consideráveis. Foram registrados pontos de alagamento em 10 bairros do município, movimentação de terras e encostas e até queda de cabeceira de ponte. “Neste momento, a Defesa Civil está concentrando o trabalho no monitoramento de encostas com risco de deslizamentos”, informa o coordenador municipal de Defesa Civil, Júlio Marcelino.

A Prefeitura agiu rapidamente para restabelecer o acesso da população em algumas localidades diretamente afetadas pela chuva. No Albardão, a Secretaria de Serviços Públicos atuou para ajudar a comunidade, que ficou ilhada com a queda de uma cabeceira de ponte. No Morro do Gato, a queda de uma barreira também exigiu um árduo trabalho de remoção do material que estava impedindo a livre circulação no sistema viário. “Nestes locais, o trânsito já está liberado. Estamos trabalhando para melhorar e reforçar as cabeceiras naquela ponte e na barreira também. Também liberamos mais um acesso na tarde desta quarta-feira (13), entre a Guarda do Cubatão e Santo Amaro da Imperatriz”, informa o secretário de Serviços Públicos, Edson Ghizoni.

No Madri, um deslizamento de terra em uma das cabeceiras da ponte que dá acesso ao Parque do Madri obrigou a Defesa Civil a impedir a passagem de veículos, por precaução. “Estamos aguardando uma análise mais apurada da nossa equipe técnica de engenheiros para verificar se haverá algum problema com a estrutura da ponte”, explica o prefeito Eduardo.

Considerando que ainda há previsão de chuva para os próximos dias, conforme alerta emitido pelos órgãos responsáveis pelo monitoramento do clima, como a Epagri/Ciram, o prefeito Eduardo assinou o Decreto 2.894, nesta terça-feira (12), declarando a situação de emergência em Palhoça. A medida tem o objetivo de restabelecer a ordem e a segurança e preservar a vida das famílias atingidas em localidades comprovadamente afetadas pelos efeitos da chuva.

O decreto prevê a instalação de uma Sala de Situação, visando monitorar, planejar e executar ações para minimizar os efeitos da situação de emergência. “Neste momento, nossa prioridade é cuidar da vida das pessoas. Nosso risco são as encostas, porque em muitos locais o terreno está encharcado e com risco de desmoronar. Se você estiver em perigo, entre em contato com o 193 dos Bombeiros e o 199 da Defesa Civil”, alerta o prefeito Eduardo.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Fiesc Setembro
Zagonel
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro