Close Menu

Busque por Palavra Chave

Vieses e consensos | Ronei Danielli: um vulto do sistema da Justiça catarinense de grandeza nacional

Por: Ralf Zimmer Junior
04/04/2021 22:27
Tamanho da fonte: A A
Divulgação

Certa manhã, no início de 2011, deparei-me com um cidadão simples, e ao mesmo tempo muito polido, na antessala do gabinete do desembargador Torres Marques, era o então candidato à vaga do quinto constitucional, Ronei Danielli.

Curioso, como de costume, questionei ao desembargador Torres Marques após o colóquio particular entre ele e Ronei: “Mas desembargador Torres, ele não é muito novo para ser desembargador?”. “Não Ralf, ele é muito preparado e será uma grande aquisição para o Tribunal”, redarguiu com sua precisão de costume meu então chefe, e querido amigo, desembargador Torres.

Sinceramente, àquela época tinha lá minhas dúvidas, que ao longo da década que se seguiu foram dissipadas ao natural. Realmente, desembargador Torres estava certo, Ronei Danielli engrandeceu a magistratura catarinense como poucos.

Discreto, como todo bom julgador, não passou, contudo, despercebido da Defensoria Pública quando em seu voto vista suplantou o entendimento do relator originário e atendeu a uma bandeira caríssima da Defensoria de acabar com a revista vexatória das mulheres nas prisões catarinenses.

Poderia aqui perfilhar mais uma centena de casos em que Danielli foi lapidar em distribuir a mais lídima Justiça à nossa gente. Mas esse espaço não é apropriado para tanto, quiçá uma obra de fôlego faça justiça a Ronei doravante.

Agora, anunciada a saída da Corte para retornar à advocacia, Ronei demonstra mais uma vez o espírito público que deve[ria] reger o quinto constitucional, qual seja, o local para arejar os Tribunais e não para fossilizar o agraciado pela vaga ad eternum.

Volta Ronei ao seu habitat natural, da cepa dos imortais Sobral Pinto e Lins e Silva, a honrosa Advocacia, onde certamente voltará a enriquecer os nossos quadros e enaltecer a Justiça pátria ao lado das pretensões legítimas que vier a defender, e a um só tempo abre espaço para as fileiras de nossos colegas do sistema de Justiça vir a ocupar assento no nosso Egrégio Tribunal Barriga Verde.

Ah, se tivéssemos ao menos um Ronei Danielli no STF, a respeitabilidade da Corte seria bem outra, podem apostar! Quem sabe um dia...


Publicações Legais
Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro